Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Que tática escolherá o Daesh depois da derrota?

Um alto representante curdo das forças antiterroristas, Lahur Talabany, afirmou que depois da derrota, os integrantes do Daesh (organização proibida na Rússia e em muitos outros países) podem passar à tática de guerra subversiva, informa a agência Reuters.


Sputnik

Segundo as palavras de Talabany, quando a organização for derrotada, ela vai passar a usar a tática de guerra subversiva, e ficará se parecendo com uma Al-Qaeda (organização proibida na Rússia e em muitos outros países) mais reforçada.



Bandeira do Daesh
Bandeira do Estado Islâmico © AP Photo/

De acordo com a agência Reuters, Talabany notou também que o lugar do líder do Daesh, Abu Bakr al-Baghdadi, será provavelmente ocupado por algum dos ex-oficiais do exército iraquiano de Saddam Hussein.

Na terça-feira passada (11), a agência iraquiana de notícias on-line Alsumaria News comunicou que uma das fontes de Daesh admitiu a morte de al-Baghdadi. Como informa a edição iraquiana, a organização terrorista declarou a morte de al-Baghdadi e prometeu anunciar em breve o nome do seu sucessor. A organização não revelou quaisquer detalhes sobre a morte do seu líder.

Antes disso, o Ministério da Defesa da Rússia comunicou que provavelmente al-Baghdadi teria sido eliminado em resultado de um ataque da Força Aeroespacial da Rússia em 28 de maio em um subúrbio do sul de Raqqa. Atualmente, a informação está sendo verificada.


Postar um comentário