Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia acionará judicialmente os EUA, caso entregas dos F-35 sejam bloqueadas

Segundo o porta-voz do presidente turco, Ibrahim Kalin, a Turquia recorrerá a medidas jurídicas caso as entregas dos F-35 sejam bloqueadas pelos EUA.
Sputnik

Ibrahim Kalin citou para a mídia turca que "não é nada fácil rescindir este contrato, somos parte de um contrato multilateral, cumprimos com todas as exigências e pagamos, caso os EUA não cumpram, recorreremos à lei".

O Congresso americano decidiu recentemente suspender as entregas dos caças americanos de quinta geração F-35 à Turquia devido aos planos de Ancara de adquirir o sistema de defesa antiaérea russo S-400, além de ameaçá-la com sanções em diversas ocasiões, como citado em artigo da Sputnik Mundo.

O avançado sistema antiaéreo S-400 Triumph (SA-21 Growler, na classificação da OTAN) é capaz de abater alvos aéreos com tecnologia furtiva, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos táticos e táticos-operacionais, tem um alcance de até 400 km e pertence à geração 4+, sendo duas vezes mais eficaz que seus antecessores.

Os se…

Que tática escolherá o Daesh depois da derrota?

Um alto representante curdo das forças antiterroristas, Lahur Talabany, afirmou que depois da derrota, os integrantes do Daesh (organização proibida na Rússia e em muitos outros países) podem passar à tática de guerra subversiva, informa a agência Reuters.


Sputnik

Segundo as palavras de Talabany, quando a organização for derrotada, ela vai passar a usar a tática de guerra subversiva, e ficará se parecendo com uma Al-Qaeda (organização proibida na Rússia e em muitos outros países) mais reforçada.



Bandeira do Daesh
Bandeira do Estado Islâmico © AP Photo/

De acordo com a agência Reuters, Talabany notou também que o lugar do líder do Daesh, Abu Bakr al-Baghdadi, será provavelmente ocupado por algum dos ex-oficiais do exército iraquiano de Saddam Hussein.

Na terça-feira passada (11), a agência iraquiana de notícias on-line Alsumaria News comunicou que uma das fontes de Daesh admitiu a morte de al-Baghdadi. Como informa a edição iraquiana, a organização terrorista declarou a morte de al-Baghdadi e prometeu anunciar em breve o nome do seu sucessor. A organização não revelou quaisquer detalhes sobre a morte do seu líder.

Antes disso, o Ministério da Defesa da Rússia comunicou que provavelmente al-Baghdadi teria sido eliminado em resultado de um ataque da Força Aeroespacial da Rússia em 28 de maio em um subúrbio do sul de Raqqa. Atualmente, a informação está sendo verificada.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas