Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O que acontece quando desaparece um submarino como o argentino ARA San Juan

As autoridades argentinas continuam com as buscas para tentar localizar o submarino ARA San Juan, que estava em uma missão de treinamento e desapareceu na última quarta com 44 tripulantes a bordo.
BBC Brasil


A Marinha argentina revelou que, no último contato, o subcomandante afirmou que a embarcação apresentava um curto-circuito no sistema de baterias.


O submarino fazia o trajeto entre o Ushuaia, no sul do país, e a base naval de Mar del Plata, mais ao norte, quando deixou de se comunicar e sumiu dos radares. Segundo a Marinha, a tripulação teria comida e oxigênio para mais dois dias.

O governo argentino conta com a ajuda de vários países para realizar as buscas, incluindo Brasil e Estados Unidos.

Mas quais são principais dificuldades em uma operação para localizar um submarino? A BBC tenta responder a esta e a outras perguntas sobre o tema.

Por que submarinos não podem ser detectados?


Os submarinos são construídos para serem difíceis de se encontrar. O papel deles é participar, com frequênc…

Rússia e Índia pretendem assinar contrato final da compra dos S-400 já neste ano

A Rússia e a Índia pretendem assinar o contrato de fornecimento de sistemas de mísseis S-400 Triumph neste ano, comunicou o diretor da empresa estatal russa Rosoboronexport, Aleksandr Mikheev, à Sputnik.


Sputnik

O acordo intergovernamental correspondente foi assinado em outubro de 2016. 

Sistemas de mísseis S-400 Triumph do regimento de defesa antiaérea do Distrito Militar do Sul que foi colocado em serviço em Teodósia, na Crimeia
S-400 Triumph © Sputnik/ Sergei Malgavko

"Estamos realizando consultas no momento. Em abril, organizamos uma apresentação dos S-400 para especialistas indianos. Agora, a parte indiana está organizando as negociações contratuais. O plano com todas as exigências técnicas da Índia já está feito. Esperamos assiná-lo ainda neste ano", acrescentou Mikheev à Sputnik.

Espera-se que fornecimento dos sistemas à Índia vá ser iniciado de 2 a 3 anos após a assinatura do contrato.

O acordo entre os governos russo e indiano sobre o fornecimento dos sistemas antiaéreos S-400 foi assinado em outubro de 2016 na cúpula Rússia-Índia.

Os S-400 Triumph são mísseis antiaéreos de longo alcance, que entraram em serviço em 2007. Eles foram projetados para destruir aeronaves, mísseis de cruzeiro e balísticos, incluindo os de médio alcance, também podendo ser usados contra alvos terrestres. Os S-400 podem utilizar três tipos de mísseis com alcance de até 400 quilômetros, enquanto a velocidade do projétil supera 3.600 km/h.


Postar um comentário