Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

Tropas sírias alcançam rio Eufrates

O exército sírio conseguiu chegar às margens do rio Eufrates e continua sua ofensiva contra os terroristas na província de Raqqa.


Sputnik

As tropas de Bashar Assad, lideradas pelo grupo de operações especiais Forças Tigre, conseguiram recuperar três aldeias, informa a agência Al Masdar.


Soldados sírios
Tropas sírias © Sputnik/ Michael Alaeddin

Após a libertação desses assentamentos, os militares sírios podem agora avançar até o rio Eufrates e a cidade de Deir ez-Zor. Esta cidade é o último baluarte do Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e em outros países).

Além disso, estas três aldeias se localizam perto do campo de gás de Sabkhawi, que recentemente também passou para o controle das tropas governamentais.

Desde o início de julho, o exército sírio libertou mais de 40 instalações de petróleo e gás no deserto da Síria, ao sul de Raqqa. Antes de se porem em fuga, os terroristas destruíram uma parte dos poços petrolíferos.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas