Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia adverte exército sírio contra entrada em Manbij

O comunicado foi divulgado poucos dias depois de pelo menos quatro soldados americanos terem sido mortos em um atentado suicida na cidade de Manbij, no norte da Síria, cuja responsabilidade foi assumida pelo Daesh (grupo terrorista proibido em Rússia e em vários outros países).
Sputnik

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores turco, Hami Aksoy, alertou as Forças Armadas do governo sírio para que não tentassem entrar na cidade de Manbij, localizada no norte da Síria.


"Às Unidades de Proteção Popular curdas na Síria (YPG) não deveria ser permitido deixar que as forças do regime [do presidente sírio Bashar Assad] entrem em Manbij", disse Aksoy em uma entrevista coletiva na sexta-feira (18). Ele também destacou que "a retirada das tropas norte-americanas da Síria não deveria ajudar os terroristas das YPG e do Partido de União Democrática curdo (PYD)".

As declarações foram feitas depois que nesta quarta-feira (16) na cidade síria de Manbij ocorreu uma explosão em u…

Tropas sírias encontram numerosos sistemas americanos de mísseis antitanque em Latakia

As tropas do governo sírio encontraram um estoque com mais de 30 sistemas de mísseis pesados antitanque dos EUA na província de Latakia durante uma operação de desminagem, disse o comandante do serviço de engenharia da guarnição de Latakia.


Sputnik

As forças do governo da Síria desativaram 800 explosivos de alta potência em 11 povoados da província de Latakia desde o início de julho, de acordo com o comandante, general Rafi Muhammad Magdi.


Tropas do Exército sírio (foto de arquivo)
Tropas sírias © Sputnik/ Mikhail Voskresensky

"Desde o início do mês, limpamos 11 povoados na área montanhosa da Latakia. Mais de 800 explosivos de alta potência foram desativados após a saída dos militantes", disse Magdi aos jornalistas, acrescentando que a região limpa está pronta para receber habitantes.

Durante a operação de desminagem, foi encontrado um estoque com mais de 30 sistemas de mísseis pesados antitanque norte-americanos, acrescentou o militar.

Ninguém ficou ferido durante a operação, disse Magdi, notando que todos os militares foram treinados no Centro Internacional de Ação Antiminas das Forças Armadas da Rússia.

O Centro Internacional de Ação Antiminas foi aberto em janeiro para treinar sapadores sírios e fornecer todo o equipamento necessário para desminar o território do país.

A Rússia, o Irã e a Turquia são os garantidores do cessar-fogo na Síria. Os países em questão assinaram um memorando sobre a criação de quatro zonas de segurança na Síria, que entrou em vigor no dia 6 de maio. Abrange a província de Idlib, uma parte do território vizinho de Latakia, Aleppo e Hama, a região nordeste da província de Homs, Ghouta oriental e determinadas zonas do sul da Síria, bem como as províncias de Daraa e Quneitra.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas