Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Adeus a tecnologias 'stealth': novo radar russo pode detectar aviões furtivos

Tecnologias russas capazes de detectar aviões furtivos do inimigo podem vir a fazer parte do sistema da defesa antiaérea unida da OTSC – Organização do Tratado de Segurança Coletiva, declarou o chefe do Estado-Maior Conjunto da aliança, Anatoly Sidorov.
Sputnik

Inovações russas capazes de desativar tecnologias furtivas do inimigo podem vir a ser usadas na criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, declarou militar, citado pelo jornal Rossiyskaya Gazeta. Sidorov comentou que essas inovações seriam eficazes tanto contra aviação do inimigo como contra ataques com mísseis.



O sistema Rezonans-NE funciona graças ao princípio de reflexão ressonante de ondas de rádio da superfície de aparelhos aéreos, facilitando vigilância de aeronaves e mísseis do inimigo, explicou Aleksandr Scherbinko, vice-diretor executivo da empresa de design Rezonans.

"Este modelo pode ser de grande interesse, levando em consideração criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, cuja inauguração est…

Tropas sírias encontram numerosos sistemas americanos de mísseis antitanque em Latakia

As tropas do governo sírio encontraram um estoque com mais de 30 sistemas de mísseis pesados antitanque dos EUA na província de Latakia durante uma operação de desminagem, disse o comandante do serviço de engenharia da guarnição de Latakia.


Sputnik

As forças do governo da Síria desativaram 800 explosivos de alta potência em 11 povoados da província de Latakia desde o início de julho, de acordo com o comandante, general Rafi Muhammad Magdi.


Tropas do Exército sírio (foto de arquivo)
Tropas sírias © Sputnik/ Mikhail Voskresensky

"Desde o início do mês, limpamos 11 povoados na área montanhosa da Latakia. Mais de 800 explosivos de alta potência foram desativados após a saída dos militantes", disse Magdi aos jornalistas, acrescentando que a região limpa está pronta para receber habitantes.

Durante a operação de desminagem, foi encontrado um estoque com mais de 30 sistemas de mísseis pesados antitanque norte-americanos, acrescentou o militar.

Ninguém ficou ferido durante a operação, disse Magdi, notando que todos os militares foram treinados no Centro Internacional de Ação Antiminas das Forças Armadas da Rússia.

O Centro Internacional de Ação Antiminas foi aberto em janeiro para treinar sapadores sírios e fornecer todo o equipamento necessário para desminar o território do país.

A Rússia, o Irã e a Turquia são os garantidores do cessar-fogo na Síria. Os países em questão assinaram um memorando sobre a criação de quatro zonas de segurança na Síria, que entrou em vigor no dia 6 de maio. Abrange a província de Idlib, uma parte do território vizinho de Latakia, Aleppo e Hama, a região nordeste da província de Homs, Ghouta oriental e determinadas zonas do sul da Síria, bem como as províncias de Daraa e Quneitra.


Postar um comentário