Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Tropas sírias encontram numerosos sistemas americanos de mísseis antitanque em Latakia

As tropas do governo sírio encontraram um estoque com mais de 30 sistemas de mísseis pesados antitanque dos EUA na província de Latakia durante uma operação de desminagem, disse o comandante do serviço de engenharia da guarnição de Latakia.


Sputnik

As forças do governo da Síria desativaram 800 explosivos de alta potência em 11 povoados da província de Latakia desde o início de julho, de acordo com o comandante, general Rafi Muhammad Magdi.


Tropas do Exército sírio (foto de arquivo)
Tropas sírias © Sputnik/ Mikhail Voskresensky

"Desde o início do mês, limpamos 11 povoados na área montanhosa da Latakia. Mais de 800 explosivos de alta potência foram desativados após a saída dos militantes", disse Magdi aos jornalistas, acrescentando que a região limpa está pronta para receber habitantes.

Durante a operação de desminagem, foi encontrado um estoque com mais de 30 sistemas de mísseis pesados antitanque norte-americanos, acrescentou o militar.

Ninguém ficou ferido durante a operação, disse Magdi, notando que todos os militares foram treinados no Centro Internacional de Ação Antiminas das Forças Armadas da Rússia.

O Centro Internacional de Ação Antiminas foi aberto em janeiro para treinar sapadores sírios e fornecer todo o equipamento necessário para desminar o território do país.

A Rússia, o Irã e a Turquia são os garantidores do cessar-fogo na Síria. Os países em questão assinaram um memorando sobre a criação de quatro zonas de segurança na Síria, que entrou em vigor no dia 6 de maio. Abrange a província de Idlib, uma parte do território vizinho de Latakia, Aleppo e Hama, a região nordeste da província de Homs, Ghouta oriental e determinadas zonas do sul da Síria, bem como as províncias de Daraa e Quneitra.


Postar um comentário