Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Moscou revela fotos de material bélico dos EUA nas posições do Daesh

O Ministério da Defesa da Rússia publicou na sua conta no Facebook fotos aéreas de posições do Daesh (organização proibida na Rússia), perto da cidade de Deir ez-Zor, nas quais se vê material bélico dos EUA.
Sputnik

"Graças às fotografias aéreas captadas entre 8 e 12 de setembro de 2017, perto das posições do Daesh foi detectado um grande número de veículos blindados norte-americanos Hummer que estão em serviço das forças especiais dos EUA", informou o ministério.


Segundo o ministério, nas fotos é claramente visível o posicionamento das forças especiais dos EUA em pontos de apoio que anteriormente foram equipados pelos terroristas. Nas fotos não há nenhuns vestígios de ataques, bem como de confrontos com os terroristas ou crateras provocadas por ataques aéreos realizados pela coalizão internacional liderada pelos EUA.

"Embora os pontos de apoio dos destacamentos das Forças Armadas dos EUA estejam nas zonas das atuais posições do Daesh, não existem quaisquer vestígios de pre…

Antigo tanque soviético é apresentado como obra-prima da produção militar na Ucrânia

O analista militar russo Igor Korotchenko acrescentou que as últimas versões do equipamento militar ucraniano são feitas com base em modelos soviéticos.


Sputnik

"O tanque de guerra T-72A se tornou ainda mais protegido e eficiente", anunciou Poroshenko. De acordo com ele, os construtores consideraram a experiência militar obtida nos combates no leste do país."O exército ucraniano se está tornando mais forte a cada dia", concluiu ele.


Equipamentos militares (tanque T-80) das Forças Armadas ucranianas no aeródromo militar en Chuguevo
Tanque T-80 da Ucrãnia | Assessoria de imprensa do presidente da Ucrânia

O presidente ucraniano comunicou também que, graças às revisões do orçamento de Estado para 2017, o exército vai receber tanques Oplot (criados com base no T-80 soviético).

Anteriormente, a empresa estatal Ukroboronprom havia comunicado que a Fábrica de Tanques de Kiev, que faz parte dela, tinha desenvolvido uma nova versão modernizada do tanque principal T-72AS.

A nova versão T-72AMT recebeu equipamento de proteção dinâmica que diminui a eficiência das armas antitanque do inimigo.

"Surgem situações surpreendentes em que um antigo tanque soviético com 40 anos é apresentado como uma obra-prima da produção militar ucraniana. Se os elementos de pequenos ajustes podem ser classificados como a 'ruptura revolucionária' das Forças Armadas da Ucrânia, só nos resta lhes desejar boa sorte", acrescentou Igor Korotchenko ao serviço russo da Rádio Sputnik.

De acordo com ele, a produção militar ucraniana, na falta da cooperação com a Rússia, está se degradando, a Ucrânia tem vendido a herança militar soviética durante os últimos 25 anos.


Postar um comentário