Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha e Aeronáutica do Brasil auxiliam buscas a submarino argentino desaparecido, diz ministro

Segundo Raul Jungmann, três navios e um avião brasileiros já foram disponibilizados. Última vez que o submarino militar com 44 pessoas a bordo manteve contato com a base foi na quarta-feira (15).
Por G1, Brasília

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, publicou em seu perfil no Twitter neste sábado (18) que três navios da Marinha brasileira "já estão auxiliando" nas buscas a um submarino argentino que desapareceu com 44 tripulantes a bordo.

Ainda segundo o ministro, a Força Aérea Brasileira (FAB) disponibilizou um avião para também ajudar na procura pelo submarino e um segundo avião "será deslocado para apoiar as buscas do submarino argentino desaparecido" a partir deste domingo (19).

O submarino militar ARA San Juan manteve contato com a base pela última vez na manhã de quarta-feira (15), quando estava no sul do Mar Argentino, a 432 quilômetros da costa patagônica do país.

De acordo com a FAB, o primeiro avião disponibilizado pelo Brasil decolou, com 18 tripulantes, às 17…

EUA suspendem buscas por fuzileiros navais desaparecidos na Austrália

O Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos decidiu suspender os trabalhos de buscas por três militares que desapareceram após a queda de uma aeronave na costa da Austrália.


Sputnik

Neste sábado, um helicóptero MV-22 Osprey da Marinha norte-americana caiu na baía de Shoalwater, em Queensland, durante uma expedição na região. 


Oficial do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos (arquivo)
Oficial dos Fuzileiros Navais dos EUA © AP Photo/ Luca Bruno

Felizmente, 23 tripulantes foram resgatados rapidamente. No entanto, outros três continuam desaparecidos. Segundo as autoridades, as atividades de busca e resgate foram suspensas temporariamente, mas serão retomadas assim que possível.

"Quando as condições do mar permitirem, os esforços de recuperação serão conduzidos para mais busca, avaliação e pesquisa na área, em coordenação e com a assistência da Força de Defesa da Austrália", informou a Marinha dos EUA.

Postar um comentário