Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Primeiro voo do Aero L-159T2

A Aero Vodochody realizou o primeiro voo do treinador a jato L-159T2 de dois lugares em 1º de agosto. O voo de 30 minutos foi conduzido pelos pilotos de testes da empresa Vladimír Kvarda e David Jahoda.
Poder Aéreo

A Força Aérea Tcheca encomendou três exemplares em 2016, que devem ser entregues até o final deste ano. As aeronaves L-159 são operadas pelas forças aéreas tcheca e iraquiana, pela empresa americana Draken International e, no passado, foram alugadas pela Força Aérea Húngara para treinamento de pilotos.

Estas novas aeronaves de assento duplo T2 têm uma fuselagem central e dianteira recém-construída e apresentam várias melhorias significativas, principalmente em equipamentos de cockpit e sistema de combustível, e são totalmente compatíveis com o NVG. Cada cockpit é equipado com duas telas multifuncionais e um assento de ejeção VS-20 atualizado. A aeronave também pode oferecer uma capacidade de reabastecimento sob pressão. O radar GRIFO, já em uso na versão de um único assento, a…

EUA suspendem operações navais em todo o mundo

A Marinha dos Estados Unidos decidiu suspender temporariamente as suas operações ao redor do mundo após as recentes colisões envolvendo seus navios na Ásia.


Sputnik

"Essa tendência requer uma ação mais vigorosa. Sendo assim, eu orientei uma pausa operacional em todas as nossas frotas ao redor do mundo", afirmou o chefe de Operações Navais do Estado-Maior dos EUA, o almirante John Richardson.


Destóier USS Fitzgerald, da Marinha dos Estados Unidos, disparando mísseis durante exercício naval (arquivo)
USS Fitzgerald da US Navy © flickr.com/ U.S. Pacific Fleet

A decisão ocorre após um grave acidente com o destróier USS John S. McCain, que se chocou com um navio mercante perto da costa de Singapura na manhã desta segunda-feira, horário local, deixando cinco marinheiros feridos e outros dez desaparecidos. Esse incidente está sob investigação.

Antes do John S. McCain, em junho, outro destróier da Marinha americana, o USS Fitzgerald, já havia sido protagonista de um desastre semelhante na costa do Japão, também com um navio mercante. Na ocasião, sete militares morreram.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas