Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Kim Jong-un: Após 'declaração de guerra feroz', Trump e os EUA pagarão caro

Em um raro pronunciamento, o líder norte-coreano Kim Jong-un disse nesta sexta-feira (horário local) que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e seu povo "pagarão caro"pelas “palavras excêntricas” que pregaram a destruição da Coreia do Norte.
Sputnik

Em seu discurso na Assembleia Geral da ONU, Trump afirmou que os EUA estão prontos para a "destruição total" da Coreia do Norte, caso isso se faça necessário.


Além disso, o presidente estadunidense chamou Kim de "Homem Foguete", pelo que considera uma "tática suicida" de provocações contra Washington e o resto dos seus aliados na Ásia.

"Agora estou pensando muito sobre a resposta que ele poderia ter esperado quando ele se permitiu que palavras tão excêntricas tropeçassem da sua língua", disse Kim, em declarações reproduzidas pela Agência Central de Notícias da Coreia (KCNA).

"Qualquer coisa que Trump possa ter esperado, ele enfrentará resultados além de suas expectativas. Eu vou, …

EUA suspendem operações navais em todo o mundo

A Marinha dos Estados Unidos decidiu suspender temporariamente as suas operações ao redor do mundo após as recentes colisões envolvendo seus navios na Ásia.


Sputnik

"Essa tendência requer uma ação mais vigorosa. Sendo assim, eu orientei uma pausa operacional em todas as nossas frotas ao redor do mundo", afirmou o chefe de Operações Navais do Estado-Maior dos EUA, o almirante John Richardson.


Destóier USS Fitzgerald, da Marinha dos Estados Unidos, disparando mísseis durante exercício naval (arquivo)
USS Fitzgerald da US Navy © flickr.com/ U.S. Pacific Fleet

A decisão ocorre após um grave acidente com o destróier USS John S. McCain, que se chocou com um navio mercante perto da costa de Singapura na manhã desta segunda-feira, horário local, deixando cinco marinheiros feridos e outros dez desaparecidos. Esse incidente está sob investigação.

Antes do John S. McCain, em junho, outro destróier da Marinha americana, o USS Fitzgerald, já havia sido protagonista de um desastre semelhante na costa do Japão, também com um navio mercante. Na ocasião, sete militares morreram.


Postar um comentário