Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Análise: presidente ucraniano mata sua indústria ao introduzir novas sanções contra Rússia

O presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, assinou um decreto sobre as sanções contra a Rússia adotadas pelo Conselho de Defesa e Segurança Nacional da Ucrânia. O especialista Eduard Popov falou com a Sputnik e indicou qual o principal objetivo perseguido pelo governo ucraniano com tal iniciativa.
Sputnik

Em 2 de maio, o Conselho de Defesa e Segurança Nacional da Ucrânia ampliou as medidas restritivas em relação a diversas pessoas físicas e jurídicas russas, bem como prolongou a vigência das sanções introduzidas anteriormente.

Segundo informou a assessoria de imprensa da entidade, as sanções são aplicadas a pessoas "relacionadas com a agressão no ciberespaço e no campo informacional" contra a Ucrânia, "ações criminosas" contra os cidadãos ucranianos detidos na Rússia, bem como aos deputados da Duma de Estado e do Conselho da Federação da Rússia.

O diretor do Centro de Cooperação Pública e Informativa "Europa", Eduardo Popov, disse ao serviço russo da Rádio Sp…

EUA suspendem operações navais em todo o mundo

A Marinha dos Estados Unidos decidiu suspender temporariamente as suas operações ao redor do mundo após as recentes colisões envolvendo seus navios na Ásia.


Sputnik

"Essa tendência requer uma ação mais vigorosa. Sendo assim, eu orientei uma pausa operacional em todas as nossas frotas ao redor do mundo", afirmou o chefe de Operações Navais do Estado-Maior dos EUA, o almirante John Richardson.


Destóier USS Fitzgerald, da Marinha dos Estados Unidos, disparando mísseis durante exercício naval (arquivo)
USS Fitzgerald da US Navy © flickr.com/ U.S. Pacific Fleet

A decisão ocorre após um grave acidente com o destróier USS John S. McCain, que se chocou com um navio mercante perto da costa de Singapura na manhã desta segunda-feira, horário local, deixando cinco marinheiros feridos e outros dez desaparecidos. Esse incidente está sob investigação.

Antes do John S. McCain, em junho, outro destróier da Marinha americana, o USS Fitzgerald, já havia sido protagonista de um desastre semelhante na costa do Japão, também com um navio mercante. Na ocasião, sete militares morreram.


Postar um comentário