Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia adverte exército sírio contra entrada em Manbij

O comunicado foi divulgado poucos dias depois de pelo menos quatro soldados americanos terem sido mortos em um atentado suicida na cidade de Manbij, no norte da Síria, cuja responsabilidade foi assumida pelo Daesh (grupo terrorista proibido em Rússia e em vários outros países).
Sputnik

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores turco, Hami Aksoy, alertou as Forças Armadas do governo sírio para que não tentassem entrar na cidade de Manbij, localizada no norte da Síria.


"Às Unidades de Proteção Popular curdas na Síria (YPG) não deveria ser permitido deixar que as forças do regime [do presidente sírio Bashar Assad] entrem em Manbij", disse Aksoy em uma entrevista coletiva na sexta-feira (18). Ele também destacou que "a retirada das tropas norte-americanas da Síria não deveria ajudar os terroristas das YPG e do Partido de União Democrática curdo (PYD)".

As declarações foram feitas depois que nesta quarta-feira (16) na cidade síria de Manbij ocorreu uma explosão em u…

Israel demonstra interesse na variante STOVL do F-35

As novas ameaças enfrentadas por Israel incentivaram a potencial compra da variante de decolagem curta e pouso vertical (STOVL) do caça Lockheed Martin F-35B como uma alta prioridade


Poder Aéreo

Estão em curso discussões, com o ministério de defesa de Israel, na expectativa de chegar a uma decisão antes que um novo acordo de 10 anos de financiamento militar estrangeiro com os EUA entre em vigor em 2019.

Lockheed Martin F-35B Lightining II

As entregas dos F-35I de decolagem e pouso convencional para a Força Aérea Israelense (IAF) continuam, com o serviço até agora tendo encomendado 50 exemplares. O esquadrão “Águia de Ouro” que opera o “Adir” e o esquadrão de teste de voo da IAF continuam a adaptar o caça furtivo para atender aos requisitos específicos da nação, com este trabalho, incluindo a adição de vários sistemas desenvolvidos por Israel.

O requisito inicial de Israel era de 75 caças F-35 e a necessidade de substituir os antigos caças Boeing F-15 — o mais antiga entregue em 1976 — está se tornando uma questão de alta prioridade.

Fontes indicam que a IAF terá que escolher entre obter F-35 adicionais — potencialmente incluindo exemplares STOVL — ou uma versão avançada do F-15. Nenhum detalhe foi revelado sobre a variante potencial do F-15 em que as avaliações estão sendo baseadas, mas espera-se que ela seja capaz de carregar uma carga de armas expandida.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas