Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

'Fora do normal': OTAN teria usado armas climáticas para atingir êxito em operação militar

Uma das teorias de conspiração mais populares é a possível influência humana no clima com armas de tecnologia de última geração. Neste contexto, ganhou talvez o maior destaque o projeto HAARP dos EUA. Oficial da Força Aérea russa e meteorologista, Yevgeny Tishkovetz, contou para a Sputnik até que ponto os humanos podem mudar condições climáticas.
Sputnik

O HAARP (High Frequency Active Auroral Research Program, em inglês) é um projeto financiado pelas Forças Armadas dos EUA que visa estudar a ionosfera para aperfeiçoamento de suas capacidades de comunicação por rádio e dos sistemas de vigilância com ajuda de tecnologias de ponta.


Há uma teoria de que o sistema HAARP teria sido utilizado na operação militar da OTAN na Iugoslávia em 1999. Yevgeny Tishkovetz, meteorologista do centro Fobos e ex-chefe do serviço meteorológico do Ministério da Defesa russo, disse à Sputnik Sérvia que o sistema pode ter sido realmente usado na Iugoslávia.

Segundo o oficial, a Aliança não tinha como realizar seus…

Mergulhadores dos EUA procuram 10 marinheiros desaparecidos depois da colisão

Equipes de mergulhadores dos EUA estão procurando 10 marinheiros desaparecidos, comunicou nessa terça-feira (22) um representante da Sétima Frota da Marinha dos EUA em coletiva da imprensa.


Sputnik

Equipes de mergulhadores dos EUA estão procurando 10 marinheiros desaparecidos, comunicou nessa terça-feira (22) um representante da Sétima Frota da Marinha dos EUA em coletiva da imprensa.


Destróier USS John S. McCain, depois da colisão nas águas de Singapura em 21 de agosto de 2017.
USS John McCain depois da colisão com navio mercante em Cingapura © REUTERS/ Ahmad Masood

Os mergulhadores dos EUA baseados em Singapura estão procurando os 10 marinheiros que desapareceram na sequência da colisão entre o destroier norte-americano USS John McCain e um navio mercante no estreito de Malaca, informou nessa terça-feira (22) a Sétima Frota da Marinha dos EUA em coletiva da imprensa.

"Os mergulhadores da Marinha dos EUA e do Corpo de Fuzileiros Navais lançaram operações de busca de 10 marinheiros do USS John S. McCain, desaparecidos desde que o destróier de mísseis e o navio mercante Alnic MC colidiram na madrugada de 21 de agosto", comunicou a frota.

Os mergulhadores pretendem obter acesso aos compartimentos selados nas partes danificadas do destróier, referiu o representante da frota, acrescentando que a equipe planeja estimar os danos do navio e as áreas inundadas. Dois helicópteros da Marinha estadunidense estão realizando operações de busca e resgate com a assistência de navios e aviões da Malásia e Singapura.

"Os esforços de busca estão focados na área leste entre o estreito de Malaca e Singapura, onde ocorreu a colisão. O destróier deveria fazer uma visita de rotina a esta cidade", afirmou o representante da frota.


Postar um comentário