Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa russa: avião Il-20 foi derrubado por mísseis sírios S-200

De acordo com o ministério russo, o sistema de defesa aérea sírio tentava atacar um avião de Israel. No entanto, a tripulação israelense fez uma manobra especial para se proteger, e o míssil acabou atingindo acidentalmente o avião russo Il-20.
Sputnik

O avião Il-20 desapareceu dos radares em 17 de setembro, por volta das 23h do horário de Moscou, (17h em Brasília) durante o retorno planejado à base aérea de Hmeymim, acima do território do mar Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, informou o comunicado do Ministério da Defesa da Rússia. O represente oficial da Defesa russa, Igor Konashenkov sublinhou que os aviões israelenses "propositalmente criaram uma situação perigosa para navios e aviões nessa região".

Na opinião dele, para evitar o ataque sírio, a tripulação israelense acabou tornando o Ilyushin-20 alvo de ataque.

"Ao tentarem proteger-se com ajuda do avião russo, os pilotos israelenses o puseram debaixo de fogo do sistema de defesa antiaérea da Síria"…

Mergulhadores dos EUA procuram 10 marinheiros desaparecidos depois da colisão

Equipes de mergulhadores dos EUA estão procurando 10 marinheiros desaparecidos, comunicou nessa terça-feira (22) um representante da Sétima Frota da Marinha dos EUA em coletiva da imprensa.


Sputnik

Equipes de mergulhadores dos EUA estão procurando 10 marinheiros desaparecidos, comunicou nessa terça-feira (22) um representante da Sétima Frota da Marinha dos EUA em coletiva da imprensa.


Destróier USS John S. McCain, depois da colisão nas águas de Singapura em 21 de agosto de 2017.
USS John McCain depois da colisão com navio mercante em Cingapura © REUTERS/ Ahmad Masood

Os mergulhadores dos EUA baseados em Singapura estão procurando os 10 marinheiros que desapareceram na sequência da colisão entre o destroier norte-americano USS John McCain e um navio mercante no estreito de Malaca, informou nessa terça-feira (22) a Sétima Frota da Marinha dos EUA em coletiva da imprensa.

"Os mergulhadores da Marinha dos EUA e do Corpo de Fuzileiros Navais lançaram operações de busca de 10 marinheiros do USS John S. McCain, desaparecidos desde que o destróier de mísseis e o navio mercante Alnic MC colidiram na madrugada de 21 de agosto", comunicou a frota.

Os mergulhadores pretendem obter acesso aos compartimentos selados nas partes danificadas do destróier, referiu o representante da frota, acrescentando que a equipe planeja estimar os danos do navio e as áreas inundadas. Dois helicópteros da Marinha estadunidense estão realizando operações de busca e resgate com a assistência de navios e aviões da Malásia e Singapura.

"Os esforços de busca estão focados na área leste entre o estreito de Malaca e Singapura, onde ocorreu a colisão. O destróier deveria fazer uma visita de rotina a esta cidade", afirmou o representante da frota.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas