Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

PropHiper - Mais rápido do que uma bala

Pesquisadores brasileiros desenvolvem veículo aéreo que se deslocará em velocidade hipersônica
DefesaNet

Se tudo correr como planejado, a Força Aérea Brasileira (FAB) realizará dentro de dois anos o ensaio em voo do primeiro motor aeronáutico hipersônico feito no país. O teste integra um projeto mais amplo cujo objetivo é dominar o ciclo de desenvolvimento de veículos hipersônicos, que voam, no mínimo, a cinco vezes a velocidade do som, ou Mach 5.
Mach é uma unidade de medida de velocidade correspondente a cerca de 1.200 quilômetros por hora (km/h). O programa é coordenado pelo Instituto de Estudos Avançados (IEAv), um dos centros de pesquisa do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) da FAB, em parceria com a empresa Orbital Engenharia, ambos de São José dos Campos (SP).

Além do motor hipersônico, o projeto Propulsão Hipersônica 14-X (PropHiper), iniciado em 2006, prevê a construção de um veículo aéreo não tripulado (VANT), onde o motor será instalado. Batizado de 14-X, …

Não só Pyongyang testa mísseis balísticos; Seul dá resposta (VÍDEO)

Militares da Coreia do Sul responderam ao lançamento de míssil balístico norte-coreano através da publicação na Internet de um vídeo de testes dos seus próprios mísseis balísticos.


Sputnik

O vídeo, divulgado pela Yonhap, dura um minuto e meio e mostra, desde todos os ângulos, o lançamento dos mísseis e a caída dos mesmos no mar. Conforme dados da agência, o teste foi realizado no dia 24 de agosto.


Lançamento de mísseis durante treinamentos conjuntos entre EUA e Coreia do Sul (foto de arquivo)
Lançamento de mísseis em exercício militar na Coreia do Sul © AP Photo/ Ministério da Defesa da Coreia do Sul

Trata-se de mísseis aperfeiçoados cujo raio de voo atinge 500-800 km. No total, o vídeo mostra teste de três mísseis.

"Foi o último teste antes da instalação real dos mísseis em questão", declarou o engenheiro do Instituto de Problemas de Defesa da Coreia do Sul.

Na manhã da terça-feira (29), a Coreia do Norte disparou um míssil que sobrevoou o território japonês e, 14 minutos depois, caiu a 1.180 km de Hokkaido.

Os EUA e a Coreia do Sul jogaram ameaças para Pyongyang sobre "dar resposta forte", não excluindo a possibilidade de ações militares em caso de "provocações" futuras.



Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas