Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia acionará judicialmente os EUA, caso entregas dos F-35 sejam bloqueadas

Segundo o porta-voz do presidente turco, Ibrahim Kalin, a Turquia recorrerá a medidas jurídicas caso as entregas dos F-35 sejam bloqueadas pelos EUA.
Sputnik

Ibrahim Kalin citou para a mídia turca que "não é nada fácil rescindir este contrato, somos parte de um contrato multilateral, cumprimos com todas as exigências e pagamos, caso os EUA não cumpram, recorreremos à lei".

O Congresso americano decidiu recentemente suspender as entregas dos caças americanos de quinta geração F-35 à Turquia devido aos planos de Ancara de adquirir o sistema de defesa antiaérea russo S-400, além de ameaçá-la com sanções em diversas ocasiões, como citado em artigo da Sputnik Mundo.

O avançado sistema antiaéreo S-400 Triumph (SA-21 Growler, na classificação da OTAN) é capaz de abater alvos aéreos com tecnologia furtiva, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos táticos e táticos-operacionais, tem um alcance de até 400 km e pertence à geração 4+, sendo duas vezes mais eficaz que seus antecessores.

Os se…

Político alemão: é impossível pôr a Rússia de joelhos com 'sanções estúpidas'

O governo alemão está enganado se pensa que "estas sanções estúpidas" podem a Rússia de joelhos, declarou o presidente da bancada do partido Die Linke no Bundestag, Dietmar Bartsch.


Sputnik

"É absurdo! Quem conhece a Rússia e se lembra de que, nos anos da Segunda Guerra Mundial, milhões de pessoas morreram ali de fome e sede mas não se renderam, não poderia crer seriamente que estas sanções estúpidas pudessem pôr o país de joelhos", disse ele ao diário Bild.


Bundestag, sede do parlamento alemão
Bundestag, sede do parlamento alemão © flickr.com/ Hernán Piñera

Em sua opinião, as medidas restritivas apenas fortalecem a autoridade de Vladimir Putin, que defende os interesses da Rússia.

"Isso faz com que a gente – e tenho muitos amigos ali – diga: 'Então, Putin é melhor porque não permite conter a Rússia!'", afirmou o político alemão.

Dietmar Bartsch também respondeu àqueles que qualificam os membros do seu partido como "simpatizantes" de Putin.

"Entender Putin significa conhecer a língua russa e compreender a mentalidade russa. Não há nada de mal nisso", sublinhou.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas