Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia adverte exército sírio contra entrada em Manbij

O comunicado foi divulgado poucos dias depois de pelo menos quatro soldados americanos terem sido mortos em um atentado suicida na cidade de Manbij, no norte da Síria, cuja responsabilidade foi assumida pelo Daesh (grupo terrorista proibido em Rússia e em vários outros países).
Sputnik

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores turco, Hami Aksoy, alertou as Forças Armadas do governo sírio para que não tentassem entrar na cidade de Manbij, localizada no norte da Síria.


"Às Unidades de Proteção Popular curdas na Síria (YPG) não deveria ser permitido deixar que as forças do regime [do presidente sírio Bashar Assad] entrem em Manbij", disse Aksoy em uma entrevista coletiva na sexta-feira (18). Ele também destacou que "a retirada das tropas norte-americanas da Síria não deveria ajudar os terroristas das YPG e do Partido de União Democrática curdo (PYD)".

As declarações foram feitas depois que nesta quarta-feira (16) na cidade síria de Manbij ocorreu uma explosão em u…

Trump: Coreia do Norte deve se organizar ou terá problemas

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a alertar a Coreia do Norte nesta quinta-feira. Segundo ele, o país asiático “deve se organizar” ou terá problemas “como poucas nações já tiveram” no mundo.


Sputnik

O aviso de que a Coreia do Norte experimentaria “fogo e fúria e poder de um jeito que o mundo nunca viu” pode não ter sido suficientemente duro, disse Trump.


O presidente eleito dos EUA, Donald Trump (foto de arquivo)
Donald Trump, presidente dos EUA | Joe Hong/AP

O presidente dos EUA acrescentou que o governo comunista em Pyongyang deveria ficar “muito, muito nervoso”, se eles agirem para atacar os EUA ou seus aliados em lugares como Guam.

"Se a Coreia do Norte fizer qualquer coisa em termos de até pensar em ataques de alguém que gostamos ou representamos, ou nossos aliados ou nós, eles devem ficar muito, muito nervosos. Porque coisas acontecerão com eles, como nunca pensaram ser possíveis. Ok?", comentou.

Trump ainda aproveitou para apontar como Pequim pode e deve fazer mais para acabar com a busca da Coreia do Norte pelo desenvolvimento do seu programa nuclear.

“O que eles vem fazendo, sem serem punidos, é uma tragédia”, disse Trump, observando como a busca pela Coreia do Norte do míssil balístico armado nuclear vem ocorrendo por 25 anos sob presidentes anteriores dos EUA.

Ainda de acordo com o presidente estadunidense, não há no momento planos para um ataque preventivo contra o regime de Kim Jong-un.

"Nós não falamos sobre isso. Nós nunca fazemos. Nós sempre consideraremos as negociações, mas eles estão negociando agora por 25 anos", comentou, deixando aberta a possibilidade de dialogar com o país asiático.

O republicano elogiou ainda os votos favoráveis de Rússia e China às mais recentes sanções aplicadas contra Pyongyang pelo Conselho de Segurança da ONU.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas