Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vários mortos no confronto entres as forças de Maduro e rebeldes armados

Desfecho sangrento aconteceu durante a operação de captura de Óscar Pérez, que está entre os mortos.O piloto sobrevoou prédios do governo com um helicóptero roubado da polícia em junho do ano passado
Maolis Castro e Florantonia Singer | El País

Vários integrantes do grupo liderado pelo ex-policial Óscar Pérez morreram em um confronto com um coletivo – civis armados chavistas – e um comando da Força de Ações Especiais da Polícia Nacional, em que também morreram dois agentes e um militante chavista. Outros cinco membros do grupo foram presos em uma casa na região de El Junquito, no oeste de Caracas. 

O Governo venezuelano confirmou no início desta tarde que o próprio Pérez está entre os mortos. Seu nome se tornou conhecido em junho, quando roubou um helicóptero da polícia e sobrevoou a sede do Supremo Tribunal de Justiça e do Ministério do Interior. Nunca, em 18 anos de chavismo, ocorreu algo parecido na Venezuela.


O ex-inspetor do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalística…

Últimos passos para a vitória: a maior parte de Tal Afar foi libertada

Os militares iraquianos do destacamento antiterrorista libertaram completamente do Daesh o bairro da cidadela no centro de Tal Afar, levantando a bandeira do país sobre o edifício.


Sputnik

"As forças antiterroristas libertaram o bairro da cidadela e os jardins de Tal Afar, levantando a bandeira iraquiana sobre o edifício da cidadela", revela um comunicado do comandante Abdel Amir Yarallah.


Militares iraquianos durante a operação antiterrorista em Tal Afar, Iraque
Militares iraquianos durante operação em Tal Afar © REUTERS/ Stringer

Anteriormente, o chefe da Chancelaria iraquiana tinha anunciado que o exército do país estava controlando quase 70% da cidade depois de seis dias de operação militar.

Segundo os planos dos militares, a operação deve estar terminada até 1 de setembro — dia do Eid al-Adha (Festa do Sacrifício).

A cidade, localizada a 70 quilômetros a oeste de Mossul, é o último baluarte do Daesh na zona da fronteira com a Síria. A operação militar, destinada a expulsar os militantes do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia), decorre desde 20 de agosto.


Postar um comentário