Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia quer ajudar Iraque a combater curdos em Kirkuk

A Turquia informou nesta segunda-feira que estava pronta para ajudar o governo iraquiano a expulsar os combatentes curdos da cidade de Kirkuk, informou AFP.
Sputnik

Ancara teme que a eventual independência do Curdistão iraquiano pode desencadear movimentos semelhantes entre a população curda na Turquia e saudou a operação das forças iraquianas para expulsar as forças do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) de Kirkuk.


"Estamos prontos para qualquer forma de cooperação com o governo iraquiano de modo a acabar com a presença do PKK no território do Iraque", disse o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu.

O Conselho de Segurança Nacional do Iraque afirmou neste domingo que considerará a presença de militares curdos em Kirkuk como um "declaração de guerra".

Na segunda-feira, as forças iraquianas tomaram amplos territórios nos arredores da cidade, bem como uma base militar, um aeroporto e um campo petrolífero.

Em 2014, as tropas peshmerga curdas …

2 espiões ucranianos foram detidos na Crimeia

Na cidade de Sevastopol foram detidos dois espiões por entregarem à inteligência da Ucrânia informação sobre a Frota do Mar Negro, informou o Serviço Federal de Segurança russo (FSB).


Sputnik

"O Serviço Federal de Segurança deteve os cidadãos russos Anna Sukhonosova e Dmitry Dolgopolov, que coletavam e entregavam ao serviço da inteligência da Ucrânia dados sobre as atividades da Frota do Mar Negro”, lê-se em um comunicado do FSB.


Agentes do FSB da Rússia (foto de arquivo)
Agentes do FSB da Rússia com prisioneiro © Foto: Centro de Relações Públicas do FSB da Rússia

Dolgopolov é militar das Forças Armadas da Rússia. Segundo a legislação russa, os dois detidos, que foram acusados da traição à Pátria, podem enfrentar uma pena de até 20 anos de prisão.


Postar um comentário