Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil simula resgate de civis em área de conflito ou desastre natural (VÍDEO)

A Marinha do Brasil realizou entre os dias 6 e 14 de novembro a Operação Atlântico, na praia de Itaoca, no Espírito Santo. A simulação deste ano treinou os oficiais para casos em que houvesse resgate de civis em uma área de conflito armado ou que foram alvos de desastres naturais.
Sputnik

Era por volta de 5h40 do dia 10 de novembro, um sábado, ainda estava amanhecendo, quando o Almirante Paulo Martinho Zucaro, Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, olhou e disse para a reportagem da Sputnik Brasil: "É guerra".


A declaração foi dada para explicar os motivos de se realizar um treinamento deste porte mesmo em condições extremamente desfavoráveis. A chuva era forte, as ondas na beira da praia atingiam 1,5 metros e os ventos chegaram a 20 km/h. O nível de dificuldade preocupava o alto comando, mas não foi um problema para os fuzileiros e marinheiros.

Antes do amanhecer, sete Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf) chegaram à praia e deram início ao desembarque. Após eles chegarem foi…

Alto comando: EUA manterão forte presença naval perto da península da Coreia

O comandante da Frota do Pacífico dos EUA, almirante Scott Swift, declarou que Washington manterá forte presença naval perto da península da Coreia em resposta às ações "autodestrutivas" de Pyongyang.


Sputnik

"Seguiremos deslocando grupos de ataque de porta-aviões [CSG], grupos expedicionários de ataque, navios equipados com [sistema de combate] Aegis, a força submarina mais poderosa do mundo e aviões avançados como o F-35, o P-8 e o MH-60R no intuito de estarmos preparados para responder quando nos chamarem", declarou Swift, citado pela Yonhap.


Porta-aviões USS George H.W. Bush, foto de arquivo
Porta-aviões norte-americano USS George W. Bush © AP Photo/ Claude Paris

O almirante sublinhou que a Frota do Pacífico realiza operações perfeitamente coordenadas com a Marinha da Coreia do Sul e do Japão para se defender de mísseis balísticos e da guerra antissubmarino.

"A única força naval mais poderosa que a Frota do Pacífico dos EUA é a Marina estadunidense em sua totalidade", anunciou.

No dia 3 de setembro, a Coreia do Norte declarou ter realizado um teste bem-sucedido de uma bomba de hidrogênio, destinada aos mísseis balísticos intercontinentais. A ordem de realizar o teste foi dada pelo líder norte-coreano, Kim Jong-un. Este foi o sexto teste desde 2005, ano em que a Coreia do Norte foi declarada potência nuclear; os anteriores ocorreram em 2006, 2009, 2013 e dois em 2016.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas