Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por que negociações entre Washington e Pyongyang estão condenadas ao fracasso?

Em vez de proferir mais ameaças, a administração Trump deve mostrar que é um parceiro de negociação confiável, escreve o The National Interest, acrescentando que é importante enviar sinais claros agora.
Sputnik

O presidente norte-americano Donald Trump continua tratando a sua administração como uma brigada de salvamento para a diplomacia internacional, mas os norte-coreanos não são estúpidos e não confiam em promessas, afirma o autor do The National Interest Doug Bandow no seu recente artigo.


"O desmantelamento nuclear da Líbia, em muito forçado pelos EUA no passado, se revelou um modo de agressão por meio da qual os norte-americanos convenceram os líbios com tais palavras doces como 'garantia de segurança' e 'melhoramento das relações' para desarmar o país e depois destruí-lo pela força", conforme notou o Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte, acrescentando que os norte-coreanos percebem as intenções dos EUA.

O autor, lembrando o caso da Líbia, …

Analista militar: Turquia provoca 'fúria' dos EUA com compra dos S-400 russos

A Turquia afirmou que o fornecimento dos S-400 russos vai ser efetuado daqui a dois anos. O analista militar Viktor Litovkin sublinhou ao serviço russo da Rádio Sputnik que Ancara mostrou a sua independência ao celebrar o acordo com Moscou.


Sputnik

As entregas dos sistemas S-400 russos para a Turquia vão ser iniciadas daqui a dois anos, comunicou o vice-diretor do Secretariado da Indústria de Defesa da Turquia (SSM, sigla em inglês), Ismail Demir.


Sistema modernizado da defesa antiaérea S-400
Sistema de defesa antiaérea S-400 Triumph © Sputnik/ Dmitriy Vinogradov

Moscou e Ancara assinaram acordo no dia 12 de setembro quanto ao fornecimento de sistemas de mísseis antiaéreos russos S-400 para a Turquia. Por sua vez, o presidente turco declarou que Ancara já pagou a primeira parcela.

"Muitas informações sobre o assunto levam a uma maior confusão. Claro, a data de início do fornecimento foi determinada. Por enquanto não quero falar sobre a data em questão, pois estão sendo realizadas negociações com parte russa para antecipá-la. Mas posso dizer que as entregas serão iniciadas no período de no mínimo dois anos", comunicou Demir, citado pela Anadolu.

De acordo com o analista militar, Viktor Litovkin, dois anos não é um prazo grande, levando em consideração a mercadoria que será entregue.

"Primeiro é preciso fornecer os sistemas S-400 para o nosso exército, depois cumprir condições do contrato com a China, que assinamos há pouco. Só depois entra a Turquia […] Dois anos é um curto prazo de tempo. Tudo é estipulado no contrato", explicou Viktor Litovkin ao serviço russo da Rádio Sputnik.

De acordo com ele, com a compra dos sistemas S-400 russos, a Turquia mostrou à OTAN e aos EUA que pode tomar suas próprias decisões.

"Os turcos ganharam muito, inclusive na esfera política. Eles mostraram que acham equipamento russo mais confiável e efetivo do que qualquer outro, inclusive melhores do que o equipamento norte-americano. E isso, claro, provocou a fúria no Pentágono e na Casa Branca, pois para os países-membros da OTAN não é aceitável recusar equipamentos norte-americanos […] A Turquia mostrou que é bastante independente", expressou o analista.

Ele destacou os S-400 russos podem operar sem ser integrados ao sistema de defesa antiaérea da OTAN. Por isso, todas as especulações da OTAN sobre a desconformidade dos sistemas russos comprados aos padrões da OTAN não passam de chantagem, conclui o especialista.


Postar um comentário