Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares dos EUA prometem responder a possível ataque turco contra cidade síria de Manbij

Os militares norte-americanos prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade síria de Manbij à luz de uma possível operação turca na área, afirmou o comandante do Conselho Militar de Manbij, que faz parte das Forças Democráticas da Síria (FDS), Ebu Adil.
Sputnik

Em entrevista à Sputnik Turquia, Ebu Adil comentou a resposta dos EUA às preocupações expressas pelos representantes do Conselho Militar de Manbij devido a um possível ataque contra a cidade síria por parte de Ancara.


"Há dois anos, em conjunto com as forças da coalizão liderada pelos EUA, nós limpamos Manbij do Daesh [organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países]. Desde então, na cidade se encontram forças da coalizão. Algum tempo atrás, nós falamos com os militares norte-americanos sobre um possível ataque da Turquia contra Manbij. Os militares dos EUA prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade, de onde quer que ele provenha", afirmou o comandante do conselho.

Além disso, ele …

Aviação russa e síria fez terroristas abandonar material bélico (VÍDEO)

Vários destacamentos do Exército Árabe Sírio, junto com a Defesa Nacional, repeliram na terça-feira um ataque de terroristas da Frente al-Nusra. Os terroristas e seus aliados tentavam acessar os povoados de Maan e Atshan, situados no nordeste da província central de Hama.


Sputnik

Em comentário exclusivo à Sputnik Árabe, um coronel do exército sírio disse que os terroristas tentaram avançar em automóveis:



Soldados sírios entram na cidade de Atshan, libertado pela primeira vez em 2015
Soldados sírios entram na cidade de Atshan © Sputnik

"Foi aberto fogo contra as colunas do inimigo que avançavam, não deixamos que eles se aproximassem dos povoados de onde os terroristas tinham sido expulsos há vários meses."

Além disso, o militar destacou o papel da aviação russa e síria nesta vitória:

"Os destacamentos da al-Nusra sofreram sérias baixas graças aos ataques aéreos da aviação russa e síria. Os militantes [terroristas] abandonaram apressadamente as suas posições, abandonando seus lançadores de mísseis e outro material bélico."



Postar um comentário