Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

'Sangue e caos': príncipe saudita chama Trump de 'oportunista' por decisão sobre Jerusalém

O ex-chefe da inteligência saudita, o Príncipe Turki al-Faisal, criticou o reconhecimento do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de Jerusalém como a capital de Israel, em uma das mais acentuadas reações do reino aliado de Washington no Oriente Médio.
Sputnik

Em uma carta a Trump publicada em um jornal saudita nesta segunda-feira, o príncipe Turki, um ex-embaixador em Washington que agora não ocupa nenhum cargo do governo, mas continua influente, chamou a decisão de uma estratagema política doméstica que provocaria violência.


"O derramamento de sangue e o caos definitivamente seguirão sua tentativa oportunista de ganhar eleitoralmente", escreveu o príncipe Turki em uma carta publicada no jornal saudita al-Jazeera.

Trump inverteu décadas de política dos EUA e virou do consenso da crítica internacional na semana passada, reconhecendo Jerusalém como a capital de Israel. A maioria dos países diz que o status da cidade deve ser deixado para negociações entre Israel e os pales…

Bombardeiros russos atacam posições dos terroristas na Síria

De acordo com Ministério da Defesa russo, os bombardeiros Tu-95MS da Força Aeroespacial russa atacaram posições dos terroristas com mísseis de cruzeiro X-101, atingindo estruturas e material bélico.


Sputnik

Os aviões deslocaram do aeródromo Engels e sobrevoaram território do Irã e Iraque. O ataque foi realizado às 12h06 (06h06, horário de Brasília).


Bombardeiro estratégico Tu-95 sendo reabastecido por uma aeronave Il-78
Bombardeiro estratégico Tupolev Tu-95 sendo reabastecido por avião tanque Ilyushin Il-78 © Sputnik/ Mikhail Klimentyev

As estruturas e equipamento militar dos terroristas estavam situados a uma distância segura dos povoados civis, dos pontos dos militares dos EUA e das Forças Democráticas da Síria.

"Sublinho: todos os alvos atingidos estavam fora de povoados civis e a uma distância segura dos pontos dos militares dos EUA e das Forças Democráticas da Síria, que estão nas áreas controladas pelo Daesh [grupo terrorista, proibido na Rússia]", disse Konashenkov.

Ele adicionou que segundo os dados de controle, a eliminação de todos os objetivos foi confirNo âmbito da operação, os Tu-95 superaram distâncias de cerca de 7.000 km efetuando reabastecimento no ar com ajuda de aviões Il-78. A cobertura dos bombardeiros foi realizada por caças Su-30 e Su-35 a partir do aeródromo Hmeymim.

No âmbito da operação, os Tu-95 superaram distâncias de cerca de 7.000 km efetuando reabastecimento no ar com ajuda de aviões Il-78. A cobertura dos bombardeiros foi realizada por caças Su-30 e Su-35 a partir do aeródromo Hmeymim.


Postar um comentário