Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

Coreia do Norte ameaça EUA com 'ataque nuclear terrível e colapso miserável e final'

A Coreia do Norte ameaça de novo os EUA acrescentando que está pronta para "destruir as bases do inimigo" com um ataque preventivo se eles mostrarem "qualquer pequeno sinal de provocação".


Sputnik

"A Coreia do Norte, que se tornou o país nuclear mais potente apesar das dificuldades e desafios sem precedentes, não tem medo das sanções, da pressão e da guerra", declararam as autoridades norte-coreanas citadas pela agência KCNA. 


Kim Jong-un com militares norte-coreanos
Kim Jong-un © REUTERS/ KCNA

Pyongyang diz estar pronta para "destruir as bases inimigas com um ataque preventivo e resoluto", informa o RT citando a publicação da agência central norte-coreana.

"Se os EUA optarem pela confrontação…enfrentarão um ataque nuclear terrível e um colapso miserável e final", afirma Pyongyang.

De acordo com a KCNA, a Coreia do Norte teve acesso a tudo e obteve tudo o que podia apesar das sanções e do bloqueio por parte das forças hostis.

Anteriormente na terça (19) o presidente norte-americano Donald Trump, falando perante a ONU, havia ameaçado Pyongyang da "destruição total" no caso de um ataque aos EUA ou aos seus aliados.

"Podemos não ter outra opção que não seja destruir totalmente a Coreia do Norte", disse Trump, apelidando o líder norte-coreano Kim Jong-un de "homem-foguete" em missão suicida.

No mesmo dia, o secretário de Defesa norte-americano James Mattis comunicou que Washington e Seul estavam "discutindo a opção" de instalação de mísseis nucleares na Coreia do Sul.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas