Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vários mortos no confronto entres as forças de Maduro e rebeldes armados

Desfecho sangrento aconteceu durante a operação de captura de Óscar Pérez, que está entre os mortos.O piloto sobrevoou prédios do governo com um helicóptero roubado da polícia em junho do ano passado
Maolis Castro e Florantonia Singer | El País

Vários integrantes do grupo liderado pelo ex-policial Óscar Pérez morreram em um confronto com um coletivo – civis armados chavistas – e um comando da Força de Ações Especiais da Polícia Nacional, em que também morreram dois agentes e um militante chavista. Outros cinco membros do grupo foram presos em uma casa na região de El Junquito, no oeste de Caracas. 

O Governo venezuelano confirmou no início desta tarde que o próprio Pérez está entre os mortos. Seu nome se tornou conhecido em junho, quando roubou um helicóptero da polícia e sobrevoou a sede do Supremo Tribunal de Justiça e do Ministério do Interior. Nunca, em 18 anos de chavismo, ocorreu algo parecido na Venezuela.


O ex-inspetor do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalística…

Coreia do Norte promete mais 'presentes' aos EUA

O embaixador da Coreia do Norte na ONU, Han Tae-song, disse, na conferência da ONU sobre desarmamento em Genebra, que o recente teste de uma bomba de hidrogênio faz parte de "um conjunto de presentes destinado exclusivamente aos EUA", informou a agência Reuters.


Sputnik

"As recentes medidas de autodefesa tomadas pela Coreia do Norte são um conjunto de presentes destinados exclusivamente aos EUA. Os Estados Unidos receberão mais prendas do meu país enquanto se basearem em provocações imprudentes e tentativas vãs de fazer pressão sobre a Coreia do Norte", citou a Reuters Han Tae-song.



Imagem relacionada
Kim Jong-un com militares norte-coreanos

No domingo (3), a Coreia do Norte anunciou ter testado com sucesso uma bomba de hidrogênio que pode ser carregada em um míssil balístico intercontinental.

O sexto teste nuclear de Pyongyang desde 2006 foi realizado alguns dias depois do lançamento de um míssil balístico em direção ao território do Japão. A Coreia do Norte vem realizando seus testes de mísseis e nucleares em violação das resoluções do Conselho de Segurança da ONU.


Postar um comentário