Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

Coreia do Norte promete mais 'presentes' aos EUA

O embaixador da Coreia do Norte na ONU, Han Tae-song, disse, na conferência da ONU sobre desarmamento em Genebra, que o recente teste de uma bomba de hidrogênio faz parte de "um conjunto de presentes destinado exclusivamente aos EUA", informou a agência Reuters.


Sputnik

"As recentes medidas de autodefesa tomadas pela Coreia do Norte são um conjunto de presentes destinados exclusivamente aos EUA. Os Estados Unidos receberão mais prendas do meu país enquanto se basearem em provocações imprudentes e tentativas vãs de fazer pressão sobre a Coreia do Norte", citou a Reuters Han Tae-song.



Imagem relacionada
Kim Jong-un com militares norte-coreanos

No domingo (3), a Coreia do Norte anunciou ter testado com sucesso uma bomba de hidrogênio que pode ser carregada em um míssil balístico intercontinental.

O sexto teste nuclear de Pyongyang desde 2006 foi realizado alguns dias depois do lançamento de um míssil balístico em direção ao território do Japão. A Coreia do Norte vem realizando seus testes de mísseis e nucleares em violação das resoluções do Conselho de Segurança da ONU.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas