Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Morte made in Brazil: conflitos no Oriente Médio alavancam exportação de armamento do país

Uma missão árabe chegou ao Brasil interessada na compra de cargueiros KC-390 fabricados pela Embraer. A visita é resultado do esforço do Grupo Parlamentar Brasil-Arábia Saudita, criado no início deste mês, para aproximar os dois países no campo de defesa militar.
Sputnik

O KC-390 vai substituir os Hércules C-130 da Força Aérea Brasileira (FAB), é o maior avião produzido na América e foi concebido como um jato militar de transporte, anunciado pela primeira vez na edição de 2007 da Latin America Aero & Defence (LAAD), no Rio de Janeiro. A produção do avião, com capacidade para 23 toneladas de carga, envolve parcerias com fornecedores de peças de Argentina, Portugal e República Tcheca. Com um custo unitário de US$ 85 milhões, o KC-390, em fase final de testes, tem recebido propostas de compra de vários países.



A compra do cargueiro, porém, é apenas um detalhe na exportação brasileira de armamentos não só para a Arábia Saudita, como também para vários países do Oriente Médio e do Norte d…

Coreia do Sul detecta gás radioativo após testes nucleares da Coreia do Norte

A Coreia do Sul comunicou na quarta (13) que encontrou traços do gás radioativo xênon após o último teste nuclear da Coreia do Norte, mas não conseguiu concluir se foi realmente testada uma bomba de hidrogênio, tal como Pyongyang afirma.


Sputnik

A Comissão da Segurança e Salvaguardas Nucleares afirmou que o seu detector de xênon instalado na parte nordeste do país detectou vestígios do isótopo xênon-133 em nove ocasiões, enquanto o equipamento móvel da costa oeste do país identificou traços deste isótopo 4 vezes, informa a Reuters. 


Produção nuclear
© AFP 2017/

"Foi difícil perceber a potência do teste nuclear pela quantidade de xênon detectado, mas podemos afirmar que o xênon era proveniente da Coreia do Norte", comunicou o comissário executivo Choi Jongbae em coletiva de imprensa em Seul.

A comissão não pode concluir que tipo de teste foi realizado, sublinhou ele.

O xênon-133 é um isótopo radioativo que não surge naturalmente. O seu surgimento está conectado com os testes da Coreia do Norte.


Postar um comentário