Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha e Aeronáutica do Brasil auxiliam buscas a submarino argentino desaparecido, diz ministro

Segundo Raul Jungmann, três navios e um avião brasileiros já foram disponibilizados. Última vez que o submarino militar com 44 pessoas a bordo manteve contato com a base foi na quarta-feira (15).
Por G1, Brasília

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, publicou em seu perfil no Twitter neste sábado (18) que três navios da Marinha brasileira "já estão auxiliando" nas buscas a um submarino argentino que desapareceu com 44 tripulantes a bordo.

Ainda segundo o ministro, a Força Aérea Brasileira (FAB) disponibilizou um avião para também ajudar na procura pelo submarino e um segundo avião "será deslocado para apoiar as buscas do submarino argentino desaparecido" a partir deste domingo (19).

O submarino militar ARA San Juan manteve contato com a base pela última vez na manhã de quarta-feira (15), quando estava no sul do Mar Argentino, a 432 quilômetros da costa patagônica do país.

De acordo com a FAB, o primeiro avião disponibilizado pelo Brasil decolou, com 18 tripulantes, às 17…

Destróier antissubmarino russo Vitse-Admiral Kulakov entra em missão no mar Vermelho

O destróier antissubmarino russo Vitse-Admiral Kulakov garantiu a passagem bem-sucedida de navios através do golfo de Áden no mar Vermelho e começou a efetuar manobras, que incluem recebimento de cargas líquidas do navio petroleiro Kama.


Sputnik

O navio de combate russo deve garantir segurança de navios civis, protegendo-os de piratas.


O navio pesado antissubmarino russo Vitse-Admiral Kulakov
Destróier antissubmarino russo Vitse-Admiral Kulakov © Foto: Ministério da Defesa da Rússia

"O destróier russo Vitse-Admiral Kulakov, que está cumprindo tarefas de treinamento na parte remota do oceano, realizou a passagem segura de graneleiro sob a bandeira de Barbados da parte norte do mar Arábico através do golfo de Áden para o mar Vermelho", comunica o chefe de imprensa da Frota do Norte, capitão Vadim Serga.

O capitão russo apontou que o navio já começou a treinar a transferência de cargas líquidas do petroleiro Kama.

Vale destacar que, após reabastecimento das reservas, os marinheiros do navio continuarão escoltando navios civis do mar Vermelho em direção ao oceano Índico.

O Vitse-Admiral Kulakov, que faz parte do grupo naval permanente da Marinha da Rússia, saiu do porto de Severomorsk (base principal da Frota do Norte) no fim de junho. Em 12 de agosto, o navio entrou no mar Mediterrâneo, em 25 de agosto atravessou o canal de Suez, entrando no mar Vermelho. Durante a sua navegação, o navio ultrapassou mais de 12 milhas náuticas (mais de 22 km).


Postar um comentário