Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Moscou revela fotos de material bélico dos EUA nas posições do Daesh

O Ministério da Defesa da Rússia publicou na sua conta no Facebook fotos aéreas de posições do Daesh (organização proibida na Rússia), perto da cidade de Deir ez-Zor, nas quais se vê material bélico dos EUA.
Sputnik

"Graças às fotografias aéreas captadas entre 8 e 12 de setembro de 2017, perto das posições do Daesh foi detectado um grande número de veículos blindados norte-americanos Hummer que estão em serviço das forças especiais dos EUA", informou o ministério.


Segundo o ministério, nas fotos é claramente visível o posicionamento das forças especiais dos EUA em pontos de apoio que anteriormente foram equipados pelos terroristas. Nas fotos não há nenhuns vestígios de ataques, bem como de confrontos com os terroristas ou crateras provocadas por ataques aéreos realizados pela coalizão internacional liderada pelos EUA.

"Embora os pontos de apoio dos destacamentos das Forças Armadas dos EUA estejam nas zonas das atuais posições do Daesh, não existem quaisquer vestígios de pre…

EI contra-ataca forças governamentais em campo petroleiro da Síria

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) contra-atacou nesta segunda-feira as forças governamentais sírias no campo petroleiro de El Tim, situado em uma zona desértica da província nordeste síria de Deir ez-Zor, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.


EFE

O ataque dos extremistas derivou em combates entre ambos os grupos no sul da jazida, que é controlado pelos soldados leais do presidente sírio, Bashar Al-Assad.

Resultado de imagem para estado islamico
Terroristas do Estado Islâmico (Daesh)

O exército sírio recuperou ontem o domínio dos montes que separam esse campo de petróleo do aeroporto militar de Deir ez-Zor.

Este contra-ataque coincide hoje com a chegada de reforços de soldados, veículos e equipamento para as forças governamentais na cidade de Deir ez-Zor.

Nos últimos dias, as forças armadas sírias ganharam terreno frente aos extremistas na cidade e na província homônima, onde milícias curdas e seus aliados iniciaram no sábado uma operação contra o EI que transcorre em paralelo.

Estas ofensivas ocorrem ao mesmo tempo que o ataque das Forças da Síria Democrática (FSD), uma aliança liderada pelos curdos, em Raqqa, o outro reduto do EI na Síria.

Postar um comentário