Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Oficial do Hezbollah: nossos mísseis podem atingir qualquer ponto de Israel

O Hezbollah é capaz de atingir qualquer ponto em Israel com seus mísseis, disse Sheikh Naim Qassem, secretário-geral adjunto do movimento libanês Hezbollah em entrevista ao jornal iraniano al-Vefagh.
Sputnik

"Não há um único ponto nos territórios ocupados fora do alcance dos mísseis do Hezbollah", disse Qassem.


Segundo o alto funcionário, os mísseis servem para impedir Israel de iniciar outra guerra com o Líbano, expondo a "frente israelense".

Qassem comentou também a guerra na Síria, onde o Hezbollah desempenhou um papel ativo na assistência ao governo sírio contra vários agrupamentos terroristas, incluindo o Daesh e Frente al-Nusra (grupos terroristas proibidos na Rússia). O funcionário elogiou as vitórias alcançadas contra os terroristas, mas criticou os EUA por sua suposta obstrução ao processo de paz.

As tensões entre Tel Aviv e o movimento libanês xiita Hezbollah aumentaram em 4 de dezembro depois que as tropas israelenses lançaram a operação Northern Shield, dest…

EI contra-ataca forças governamentais em campo petroleiro da Síria

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) contra-atacou nesta segunda-feira as forças governamentais sírias no campo petroleiro de El Tim, situado em uma zona desértica da província nordeste síria de Deir ez-Zor, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.


EFE

O ataque dos extremistas derivou em combates entre ambos os grupos no sul da jazida, que é controlado pelos soldados leais do presidente sírio, Bashar Al-Assad.

Resultado de imagem para estado islamico
Terroristas do Estado Islâmico (Daesh)

O exército sírio recuperou ontem o domínio dos montes que separam esse campo de petróleo do aeroporto militar de Deir ez-Zor.

Este contra-ataque coincide hoje com a chegada de reforços de soldados, veículos e equipamento para as forças governamentais na cidade de Deir ez-Zor.

Nos últimos dias, as forças armadas sírias ganharam terreno frente aos extremistas na cidade e na província homônima, onde milícias curdas e seus aliados iniciaram no sábado uma operação contra o EI que transcorre em paralelo.

Estas ofensivas ocorrem ao mesmo tempo que o ataque das Forças da Síria Democrática (FSD), uma aliança liderada pelos curdos, em Raqqa, o outro reduto do EI na Síria.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas