Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares norte-americanos acreditam que EUA entrarão em guerra

Quase metade do Exército dos EUA está confiante de que durante o ano de 2019 seu país estará envolvido em um grave conflito armado, de acordo com o Military Times.
Sputnik

Segundo uma pesquisa recente, 46% dos participantes não duvidam que o confronto militar ocorrerá no próximo ano.


A título de comparação, em 2017, apenas 5% dos militares dos EUA esperavam um conflito armado, enquanto 50% descartaram um cenário de guerra e 4% não responderam.

Quanto aos inimigos mais prováveis, os soldados dos EUA mencionaram principalmente a Rússia e a China. Respectivamente, 72% e 69% dos entrevistados escolheram esses dois países.

Além disso, cerca de 57% estão preocupados com a presença de extremistas islâmicos nos Estados Unidos. Em particular, 48% destacaram uma possível ameaça por parte dos grupos terroristas Daesh e Al Qaeda (proibidos na Rússia e em outros países).

Exército russo lançará loja virtual de roupas

Uniformes usados em operações especiais, botinhas militares para crianças e até mesmo um iPad Mini de ouro – esses são apenas alguns dos produtos militares que estarão disponíveis on-line para envio a qualquer parte do mundo.


Russia Beyond

O Ministério da Defesa da Rússia planeja abrir uma série de lojas de roupas sob a marca “Exército da Rússia” na Europa, nas Américas e na Ásia. Seu primeiro passo, porém, será a adaptação de seu site à realidade dos clientes estrangeiros.


Loja física do Exército russo no centro de Moscou / RIA Novosti / Ramil Sitdikov

Dentro de alguns meses, diversos tipos de produtos (e quinquilharia) militares russos estarão disponíveis na nova plataforma on-line.

As roupas usadas atualmente pelos diversos setores do Exército russo serão vendidas em tamanhos variados para atender todas as idades.

É claro que as lojas do Exército não disponibilizarão armas, como as novas metralhadoras AK-12 ou AK-15, mas, ao vestir as roupas, os idealizadores acreditam que o cliente “terá uma amostra do que é ser soldado”.

Um dos itens que estará disponível para venda é o portianki russo (envoltórios especiais para pés usados antigamente ​​pelo exército).

Entre os objetos mais sofisticados – e também caros – está a “edição militar” de ouro de mini iPad que ainda vem em uma caixa feita de pau-brasil.

Há também opções femininas, como um lenço de seda estampado com símbolos militares.

Em futuro próximo, a “Exército da Rússia” apresentará sua nova coleção outono-inverno 2018. Segundo os gestores, todos os recursos destinados com as vendas serão destinados a campanha síria e soldados que combatem terroristas no Oriente Médio.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas