Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Força Aérea israelense anuncia estreia global do caça F-35 em combate

Israel foi o primeiro país ao qual os Estados Unidos autorizaram a venda do caça invisível
Juan Carlos Sanz | El País
Jerusalém - A Força Aérea de Israel revelou nesta terça-feira que foi a primeira a utilizar em combate o F-35, o ultramoderno caça furtivo indetectável para os radares inimigos. O chefe da aeronáutica israelense, general Amikam Nirkin, fez o comunicado aos comandantes das forças aéreas de vários países reunidos ao norte de Tel Aviv.

O general Nirkin mostrou a seus colegas – procedentes dos EUA, Itália, França, Índia e Brasil, entre outros países – a imagem de vários F-35 sobre Beirute, enquanto confirmava que esses aviões tinham participado de ataques em duas frentes.

“O esquadrão do F-35 está em operação e já sobrevoa todo o Oriente Médio”, afirmou o chefe da força aérea.

Nirkin reiterou que, há duas semanas, a Guarda Revolucionária iraniana disparou 32 foguetes contra as Colinas de Golã, planalto sírio ocupado por Israel desde 1967 e que, em resposta à agressão, a aviação…

Exército sírio cruza Eufrates a leste de Deir ez-Zor e avança contra Daesh

O exército sírio e forças aliadas cruzaram na segunda-feira (18) o rio Eufrates a leste de Deir ez-Zor e começaram a limpar os arredores na zona norte da cidade, informou um correspondente da Sputnik.


Sputnik

Equipes de engenheiros estabeleceram uma ponte de barcas que permitiu deslocar os destacamentos de assalto juntamente com equipamento bélico para a zona a norte de Deir ez-Zor após ter sido criado um perímetro de segurança de três quilômetros.


Militares sírios se preparando para cruzar o rio Eufrates na zona de Deir ez-Zor
Militares sírios na travessia do rio Eufrates © Sputnik/ Mikhail Alayeddin

Em questão de horas, destacamentos de assalto conseguiram expulsar os militantes do grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia) de várias aldeias e continuam avançando, fazendo com que os extremistas recuem para norte, em direção à cidade de Al-Mayadeen.

O exército regular destruiu vários veículos artilhados do Daesh, eliminou mais de dez militantes, fez vários outros prisioneiros e destruiu posições de fogo.

No entanto, os terroristas continuam oferecendo forte resistência, tentando impedir o avanço das forças governamentais sírias.

Na semana passada, as tropas sírias venceram a resistência dos jihadistas perto do aeródromo de Deir ez-Zor, que estava cercado pelo Daesh desde janeiro do ano passado.

Em 17 de setembro, o exército sírio libertou o povoado de Al-Jaffrah do Daesh.


Postar um comentário