Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio bombardeia terroristas restantes no sul do país (VIDEO)

O exército sírio retomou os ataques de artilharia maciços contra os terroristas restantes na região de Tulul al Safa no deserto de As-Suwayda, no sul do país, depois de eles terem violado a trégua, segundo uma fonte do Exército.
Sputnik

De acordo com uma fonte que falou com a Sputnik Árabe, na terça-feira (16), o Exército sírio e os terroristas que ocupam as colinas de Tulul al Safa firmaram um acordo de cessar-fogo, segundo o qual os combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) se comprometeram a entregar as armas depois de serem cercados e sem saída.


Contudo, na manhã da quarta-feira (17) os terroristas atacaram as unidades do Exército sírio. Por sua vez, os soldados repeliram o ataque com êxito e contra-atacaram. Como resultado, dezenas de militantes foram mortos ou feridos. O Exército resolveu retomar os ataques maciços com peças de artilharia apoiadas do ar, tendo como objetivo eliminar as forças terroristas restantes até a épo…

Fragata russa Admiral Essen dispara mísseis contra Daesh na Síria

A fragata Admiral Essen da Marinha russa realizou lançamentos de mísseis de cruzeiro Kalibr contra alvos do grupo terrorista Daesh perto da cidade síria de Deir ez-Zor, informa o Ministério da Defesa da Rússia.


Sputnik

"Em 5 de setembro de manhã, a fragata Admiral Essen da Frota do Mar Negro da Rússia, que atualmente está cumprindo missões integrada na força naval permanente da Marinha da Rússia no mar Mediterrâneo, disparou mísseis de cruzeiro Kalibr contra alvos do grupo terrorista do Deash perto da cidade de Deir ez-Zor", diz o comunicado do ministério.


Fragata Admiral Essen dispara mísseis de cruzeiro contra as posições do Daesh
Fragata Admiral Essen dispara míssil de cruzeiro Kalibr © Sputnik/ Ministério da Defesa da Rússia

Além disso, destaca-se que os lançamentos de mísseis de cruzeiro Kalibr foram realizados contra alvos terroristas identificados através de "vários canais".

"O ataque de mísseis resultou na destruição de postos de comando e de comunicação, armazéns com armamentos e munições, bem como uma planta de reparação de material blindado dos terroristas e uma grande concentração de combatentes".

Segundo o Ministério da Defesa russo, a vitória sobre os terroristas do Daesh em Deir ez-Zor e a quebra do bloqueio terrorista na cidade "será uma perda estratégica do grupo internacional terrorista na Síria".


Postar um comentário

Postagens mais visitadas