Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

Governador da província Deir ez-Zor: aeroporto será libertado dentro de algumas horas

Muhammed Ibrahim Samra, governador da província Deir ez-Zor, declarou à Sputnik que ontem, perto da fábrica de processamento de gás, foram iniciados violentos combates com os terroristas. Foram eliminadas sete bombas, armas pesadas e liquidados vários terroristas.


Sputnik

Ele acrescentou que atualmente o exército sírio está apenas a 2-3 km da cidade.


Um helicóptero Mi-8 no aeroporto de Deir ez-Zor em 2017
Helicóptero Mi-8 no aeroporto de Deir ez-Zor © Sputnik/ Mikhail Voskresensky

"Os ataques de precisão da aviação russa e síria eliminaram muitos postos de comando dos terroristas em Al-Abgaliya, Al-Ayash, Ain abu Juma, Al-Tabna, Jibal Tharda e Al-Tih, e dentro de algumas horas será iniciada a libertação do aeródromo militar e áreas residenciais", disse o governador à Sputnik Árabe.

Muhammed Ibrahim Samra sublinhou que a coalizão liderada pelos EUA causou muitos danos a infraestruturas da província.

"Atualmente, de 50% a 60% do território está sob controle de grupos terroristas, tendo em consideração o número de soldados sírios e a sua prontidão, bem como o apoio da aviação russa, é possível dizer que nos próximos dias a cidade será libertada", afirmou Muhammed Ibrahim Samra.

O governador destacou ainda que foram cortadas as vias de comunicação dos jihadistas nas estradas para Palmira, Al-Sukhnah e Raqqa, deixando os terroristas sem 70% de suas vias logísticas.

Deir ez-Zor e o aeródromo situado a 2 km da cidade estiveram completamente cercados pelos terroristas durante três anos. Apesar dos ataques regulares efetuados por homens-bomba e carros com explosivos, a guarnição da cidade continuou defendendo a cidade, respondendo de vez em quando aos ataques terroristas. As munições e alimentação têm sido entregues por via aérea.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas