Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Oficial do Hezbollah: nossos mísseis podem atingir qualquer ponto de Israel

O Hezbollah é capaz de atingir qualquer ponto em Israel com seus mísseis, disse Sheikh Naim Qassem, secretário-geral adjunto do movimento libanês Hezbollah em entrevista ao jornal iraniano al-Vefagh.
Sputnik

"Não há um único ponto nos territórios ocupados fora do alcance dos mísseis do Hezbollah", disse Qassem.


Segundo o alto funcionário, os mísseis servem para impedir Israel de iniciar outra guerra com o Líbano, expondo a "frente israelense".

Qassem comentou também a guerra na Síria, onde o Hezbollah desempenhou um papel ativo na assistência ao governo sírio contra vários agrupamentos terroristas, incluindo o Daesh e Frente al-Nusra (grupos terroristas proibidos na Rússia). O funcionário elogiou as vitórias alcançadas contra os terroristas, mas criticou os EUA por sua suposta obstrução ao processo de paz.

As tensões entre Tel Aviv e o movimento libanês xiita Hezbollah aumentaram em 4 de dezembro depois que as tropas israelenses lançaram a operação Northern Shield, dest…

Governador da província Deir ez-Zor: aeroporto será libertado dentro de algumas horas

Muhammed Ibrahim Samra, governador da província Deir ez-Zor, declarou à Sputnik que ontem, perto da fábrica de processamento de gás, foram iniciados violentos combates com os terroristas. Foram eliminadas sete bombas, armas pesadas e liquidados vários terroristas.


Sputnik

Ele acrescentou que atualmente o exército sírio está apenas a 2-3 km da cidade.


Um helicóptero Mi-8 no aeroporto de Deir ez-Zor em 2017
Helicóptero Mi-8 no aeroporto de Deir ez-Zor © Sputnik/ Mikhail Voskresensky

"Os ataques de precisão da aviação russa e síria eliminaram muitos postos de comando dos terroristas em Al-Abgaliya, Al-Ayash, Ain abu Juma, Al-Tabna, Jibal Tharda e Al-Tih, e dentro de algumas horas será iniciada a libertação do aeródromo militar e áreas residenciais", disse o governador à Sputnik Árabe.

Muhammed Ibrahim Samra sublinhou que a coalizão liderada pelos EUA causou muitos danos a infraestruturas da província.

"Atualmente, de 50% a 60% do território está sob controle de grupos terroristas, tendo em consideração o número de soldados sírios e a sua prontidão, bem como o apoio da aviação russa, é possível dizer que nos próximos dias a cidade será libertada", afirmou Muhammed Ibrahim Samra.

O governador destacou ainda que foram cortadas as vias de comunicação dos jihadistas nas estradas para Palmira, Al-Sukhnah e Raqqa, deixando os terroristas sem 70% de suas vias logísticas.

Deir ez-Zor e o aeródromo situado a 2 km da cidade estiveram completamente cercados pelos terroristas durante três anos. Apesar dos ataques regulares efetuados por homens-bomba e carros com explosivos, a guarnição da cidade continuou defendendo a cidade, respondendo de vez em quando aos ataques terroristas. As munições e alimentação têm sido entregues por via aérea.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas