Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército Sírio é atacado a partir de área ocupada por EUA e FDS

Tropas do Exército Árabe Sírio que participam de uma ofensiva contra terroristas em Deir ez-Zor foram alvo de ataques lançados a partir de uma área dominada por militantes das Forças Democráticas da Síria (FDS) e unidades especiais das Forças Armadas americanas, conforme revelou o Ministério da Defesa da Rússia nesta terça-feira.
Sputnik

"No último dia, grupos de assalto das tropas governamentais sírias, com apoio da Força Aeroespacial russa, cruzaram o Eufrates e continuaram a expandir a cabeça de ponte capturada a leste de Deir ez-Zor, apesar da dura resistência dos militantes do Daesh", afirmou o porta-voz da Defesa russa, major-general Igor Konashenkov, destacando o avanço das forças de Damasco. 


Segundo o militar, as tropas leais ao presidente Bashar Assad conseguiram liberar uma área de 60 quilômetros quadrados na zona oriental, mas encontraram obstáculos.

"De acordo com relatos de comandantes sírios na linha de frente, o Exército Sírio sofre contra-ataques mais seve…

Governo japonês confirma recente teste nuclear da Coreia do Norte

De acordo com a Reuters, o governo japonês confirmou que o recente terremoto registrado no território coreano foi provocado por mais um teste nuclear.


Sputnik

"O governo confirma que a Coreia do Norte realizou um teste nuclear depois de analisar os dados dos centros de meteorologia e outros", declarou Taro Kono, ministro do Exterior japonês, citado pela AFP.


Taro Kono, ministro do Exterior japonês
Taro Kono Ministro do Exterior japonês © REUTERS/ Kim Kyung-Hoon

Mais cedo foram registrados dois terremotos na Coreia do Norte, estes sismos podem ter sido provocados por um teste nuclear, acreditam os países vizinhos. Tanto o Japão como a Coreia do Sul convocaram reuniões de seus conselhos de Segurança Nacional para discutir a questão. As Forças Armadas da Coreia do Sul estão em alerta.

Anteriormente (2) a Coreia do Norte havia afirmado ser capaz de disparar um míssil balístico intercontinental com uma bomba de hidrogênio.


Postar um comentário