Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vários mortos no confronto entres as forças de Maduro e rebeldes armados

Desfecho sangrento aconteceu durante a operação de captura de Óscar Pérez, que está entre os mortos.O piloto sobrevoou prédios do governo com um helicóptero roubado da polícia em junho do ano passado
Maolis Castro e Florantonia Singer | El País

Vários integrantes do grupo liderado pelo ex-policial Óscar Pérez morreram em um confronto com um coletivo – civis armados chavistas – e um comando da Força de Ações Especiais da Polícia Nacional, em que também morreram dois agentes e um militante chavista. Outros cinco membros do grupo foram presos em uma casa na região de El Junquito, no oeste de Caracas. 

O Governo venezuelano confirmou no início desta tarde que o próprio Pérez está entre os mortos. Seu nome se tornou conhecido em junho, quando roubou um helicóptero da polícia e sobrevoou a sede do Supremo Tribunal de Justiça e do Ministério do Interior. Nunca, em 18 anos de chavismo, ocorreu algo parecido na Venezuela.


O ex-inspetor do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalística…

Hezbollah não declarará guerra a Israel como resposta ao bombardeio contra Síria

O xeique Naim Qassem – o número dois do Hezbollah – anunciou em Beirute que a organização xiita libanesa não pretende guerrear contra Israel devido ao bombardeio israelense da semana passada contra a Síria.


Sputnik

Qassem, em entrevista a um canal de televisão libanesa, afirmou que a guerra contra Israel não é a resposta adequada ao bombardeio de umas instalações sírias, situadas perto de Tartus, pois há outras formas de responder ao ataque.


Veículo militar com as bandeiras da Síria e do Hezbollah
Veículo militar com as bandeiras da Síria e do Hezbollah © REUTERS/ Omar Sanadiki

O exército israelense alcançou a segunda metade das manobras militares no norte da fronteira com o Líbano, sendo estas as maiores manobras israelenses dos últimos vinte anos.

Com essas manobras, Israel está treinando resposta a um possível ataque por parte do Hezbollah.


Postar um comentário