Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Ministério das Relações Exteriores russo acusa EUA de ajudar terroristas na Síria

Ao reforçar seu interesse em liquidar o Daesh [organização terrorista proibida na Rússia] da face da Terra, Moscou se mostrou preocupada com o fato de os EUA demonstrarem o contrário através de suas ações, ressalta Sergei Ryabkov, vice-ministro do ministério.
Sputnik

"Apesar de tudo, alguns objetivos políticos e geopolíticos são mais importantes para Washington, o que está declarado no plano de lealdade à luta antiterrorista", disse Ryabkov a jornalistas. Segundo ele, a Rússia espera que Washington prove na prática a sua lealdade à luta contra o terrorismo na Síria.


Além disso, o diplomata chamou a morte do tenente-general Valery Asapov de preço pago pela Rússia pela hipocrisia dos EUA na questão da resolução da crise síria. Asapov, que chefiava o grupo dos conselheiros militares russos, morreu na região de Deir ez-Zor durante bombardeio do Daesh.

Na véspera, o Ministério da Defesa da Rússia publicou fotos aéreas dos bairros a norte de Deir ez-Zor controlados pelos terroristas d…

Hezbollah não declarará guerra a Israel como resposta ao bombardeio contra Síria

O xeique Naim Qassem – o número dois do Hezbollah – anunciou em Beirute que a organização xiita libanesa não pretende guerrear contra Israel devido ao bombardeio israelense da semana passada contra a Síria.


Sputnik

Qassem, em entrevista a um canal de televisão libanesa, afirmou que a guerra contra Israel não é a resposta adequada ao bombardeio de umas instalações sírias, situadas perto de Tartus, pois há outras formas de responder ao ataque.


Veículo militar com as bandeiras da Síria e do Hezbollah
Veículo militar com as bandeiras da Síria e do Hezbollah © REUTERS/ Omar Sanadiki

O exército israelense alcançou a segunda metade das manobras militares no norte da fronteira com o Líbano, sendo estas as maiores manobras israelenses dos últimos vinte anos.

Com essas manobras, Israel está treinando resposta a um possível ataque por parte do Hezbollah.


Postar um comentário