Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Qual será resposta síria a novos mísseis 'inteligentes' dos EUA?

A cada declaração do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre seus "mísseis inteligentes", os sistemas de defesa antiaérea sírios terão sua própria resposta de mísseis, o que foi demonstrado pelo país em 14 de abril, assegurou à Sputnik o membro do Conselho Público junto ao Ministério da Defesa da Rússia, Igor Korotchenko.
Sputnik

Mais cedo, Sergei Rudskoy, chefe da Direção-Geral Operacional do Estado-Maior das Forças Armadas russas, disse aos jornalistas que os especialistas russos tinham detectado evidências de 22 mísseis terem atingido alvos, de um total de 105 anunciados pelos EUA, na sequência do ataque aéreo dos EUA e seus aliados.


"Os mísseis podem ser 'inteligentes', mas os sistemas da defesa antiaérea podem ser eficientes, por isso, para cada míssil 'astuto' haverá um míssil guiado, o que foi demonstrado pelo ótimo treinamento profissional dos soldados sírios. Nas declarações de Trump há muita publicidade, e para cada tweet de Trump sobre seus '…

Irã ataca com drones posições do Daesh na fronteira entre Iraque e Síria

Drones da Guarda Revolucionária Iraniana realizaram uma série de ataques contra posições jihadistas na fronteira da Síria com o Iraque, segundo informou a rede de televisão estatal neste domingo.


Sputnik

De acordo com a mídia local, os bombardeios destruíram várias instalações do grupo extremista Daesh, além de um grande número de veículos utilizados pelos militantes.


Militantes do Daesh na fronteira Síria-Iraque (arquivo)
Terroristas do Daesh em veículos norte-americanos na fronteira entre Síria e Irã © AFP 2017/ ALBARAKA NEWS

Em junho, o Irã lançou um ataque com mísseis contra posições terroristas na província de Deir Ez-Zor em represália por um duplo atentado realizado pelos jihadistas em Teerã, que deixou 18 mortos e dezenas de feridos. Depois desses eventos, as autoridades iranianas anunciaram o início de uma nova fase na luta do país contra o terrorismo.

Junto com a Rússia e o Hezbollah, do Líbano, o Irã é um dos principais aliados do presidente sírio, Bashar Assad, no combate aos terroristas na Síria.


Postar um comentário