Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Analista: entrega de dados de Israel sobre abate de Il-20 significa muito para Rússia

O comandante da Força Aérea Israelense, Amikam Norkin, forneceu ao Ministério da Defesa da Rússia dados sobre o incidente com o avião russo Il-20 na Síria. Israel demonstra que não pretende perder a cooperação estabelecida com a Rússia, disse o analista político Stanislav Tarasov durante uma entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.
Sputnik

Além destas informações sobre o abate da aeronave, Israel também avisou sobre "as tentativas do Irã de fortalecer sua posição na Síria e entregar armas estratégicas ao Hezbollah". Os militares observaram que é necessário continuar coordenando as ações na Síria, ressaltando a importância de respeitar os interesses dos dois países.

O avião russo Il-20 foi abatido sobre o mar Mediterrâneo no dia 17 de setembro, a 35 quilômetros da costa síria, por um míssil do sistema antiaéreo S-200 da Síria, resultando na morte de 15 militares.

Ao mesmo tempo, quatro caças F-16 atacaram instalações sírias em Latakia. De acordo com o Ministério da Defesa da…

Irã começa manobras de grande escala na fronteira com Curdistão iraquiano

Manobras de grande escala do Corpo de Guardiães da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês) foram iniciadas no domingo (24) na fronteira com o Curdistão iraquiano, onde em 25 de setembro será realizado um referendo sobre a independência.


Sputnik

Anteriormente, o Irã se opôs à realização de um referendo sobre a independência pelos curdos iraquianos, que eles marcaram unilateralmente. Teerã é um dos parceiros principais das autoridades iraquianas, que consideram o referendo como ilegal.


Militares do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica marcham durante uma parada militar em homenagem à Guerra Irã-Iraque, de 1980-1988
Militares iranianos © REUTERS/ MORTEZA NIKOUBAZL

De acordo com o site do IRGC, a fase principal das manobras começou no noroeste do Irã na província de Azerbaijão Ocidental, que fica na fronteira com o Iraque.

"Durante as manobras foram realizadas operações combinadas com veículos aéreos não tripulados, mísseis, artilharia, força aérea e veículos blindados", disse o comandante das Forças Terrestres do IRGC, Mohammad Pakpour.

Mais cedo, o presidente do Curdistão iraniano, Masud Barzani, declarou que a região não adiará o referendo, apesar da pressão política, e o realizará em 25 de setembro.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas