Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Diferentes e parecidos: em que aspectos F-16 e MiG-29 se desafiam

Famoso, leve, universal e ainda relevante: há 40 anos, em 15 de agosto de 1978, a Força Aérea dos EUA adotou em serviço um caça multifuncional de quarta geração – o F-16.
Sputnik

No total, até 2018, mais de 4.500 aeronaves desse tipo foram construídas. Por sua produção em massa o "falcão de ataque", como os pilotos batizaram respeitosamente a aeronave, é um recorde mundial absoluto entre os caças leves. E por suas capacidades de voo e combate o F-16 figura ao mesmo nível dos principais concorrentes – os caças soviéticos e russos MiG-29.

Nesta matéria, a Sputnik apresenta as semelhanças e diferenças entre esses projetos, implementados quase simultaneamente.

Pequeno e armado

Na década de 1970, antes da introdução do caça pesado F-15 Eagle, a Força Aérea dos EUA percebeu que necessitava de um aparelho mais barato, simples e tecnologicamente avançado – um caça tático leve para obter superioridade aérea local. Cinco empresas norte-americanas apresentaram seus projetos. O Pentágono con…

Leste Europeu e países Bálticos podem dormir em paz durante exercícios russo-bielorrussos

O Leste Europeu e os países Bálticos podem dormir em paz, declarou o vice-ministro da Defesa da Rússia, Aleksandr Fomin, em entrevista à emissora alemã Deutsche Welle sobre os exercícios militares Zapad 2017 (Ocidente 2017).


Sputnik

O jornalista alemão perguntou ao vice-ministro se a população dos países Bálticos e do Leste Europeu pode "dormir em tranquilidade". Fomin respondeu: "Claro. Digo isso com toda seriedade".


Exercícios militares Zapad-81 (foto de arquivo)
Exercícios militares Zapad 81 © Sputnik/ V. Kiselev

Ele também explicou que o nome dos exercícios — Ocidente — se refere ao Ocidente da Rússia e não aos países ocidentais.

"[O nome dos exercícios] — Ocidente — não deve ser entendido no sentido amplo, no sentido político e geográfico do termo que incluiu os países ocidentais, a União Europeia ou os membros da OTAN. O nome se refere à parte ocidental da Rússia e da Bielorrússia, que fica ao oeste da Rússia", explicou o vice-ministro.

Os exercícios estratégicos Zapad 2017 serão realizados entre os dias 14 e 20 de setembro no território da Bielorrússia, bem como em três polígonos russos. Segundo os dados do ministério da Defesa da Rússia, até 12,7 mil militares devem participar das manobras.

Alguns países da OTAN, e as autoridades da Ucrânia, manifestaram preocupação sobre as atividades planejadas pelos exércitos russo e bielorrusso.

Fomin já havia declarado em entrevistas anteriores que os exercícios são de caráter defensivo.

O vice-ministro russo também negou os boatos de que os exercícios seriam parte dos preparativos para "ocupar" os países Bálticos, a Polônia ou a Ucrânia.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas