Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Rússia: EUA provocaram combates em Idlib para impedir o avanço sírio em Deir ez-Zor

Os militantes da Frente al-Nusta iniciaram uma ampla ofensiva contra as posições das tropas sírias ao norte e nordeste da cidade de Hama, na zona de desescalada de Idlib, informou o ministério da Defesa da Rússia nesta quarta-feira.
Sputnik

Segundo o ministério russo, a ofensiva terrorista foi uma manobra dos serviços de inteligência dos EUA para impedir o avanço das tropas sírias em Deir ez-Zor.


Os militantes da Frente al-Nusta iniciaram uma ampla ofensiva contra as posições das tropas sírias ao norte e nordeste da cidade de Hama, na zona de desescalada de Idlib.

"Apesar dos acordos assinados no dia 15 de setembro em Astana, os combatentes da Frente al-Nusra e seus aliados, que se negaram a cumprir as condições do regime de cessar-fogo, iniciaram uma ampla ofensiva contra as tropas governamentais, a partir das 8hs da manhã do dia 19 de setembro, ao norte e nordeste da cidade de Hama, na zona de desescalada de Idlib", informa o comunicado.

Durante o dia, os terroristas conseguira…

Leste Europeu e países Bálticos podem dormir em paz durante exercícios russo-bielorrussos

O Leste Europeu e os países Bálticos podem dormir em paz, declarou o vice-ministro da Defesa da Rússia, Aleksandr Fomin, em entrevista à emissora alemã Deutsche Welle sobre os exercícios militares Zapad 2017 (Ocidente 2017).


Sputnik

O jornalista alemão perguntou ao vice-ministro se a população dos países Bálticos e do Leste Europeu pode "dormir em tranquilidade". Fomin respondeu: "Claro. Digo isso com toda seriedade".


Exercícios militares Zapad-81 (foto de arquivo)
Exercícios militares Zapad 81 © Sputnik/ V. Kiselev

Ele também explicou que o nome dos exercícios — Ocidente — se refere ao Ocidente da Rússia e não aos países ocidentais.

"[O nome dos exercícios] — Ocidente — não deve ser entendido no sentido amplo, no sentido político e geográfico do termo que incluiu os países ocidentais, a União Europeia ou os membros da OTAN. O nome se refere à parte ocidental da Rússia e da Bielorrússia, que fica ao oeste da Rússia", explicou o vice-ministro.

Os exercícios estratégicos Zapad 2017 serão realizados entre os dias 14 e 20 de setembro no território da Bielorrússia, bem como em três polígonos russos. Segundo os dados do ministério da Defesa da Rússia, até 12,7 mil militares devem participar das manobras.

Alguns países da OTAN, e as autoridades da Ucrânia, manifestaram preocupação sobre as atividades planejadas pelos exércitos russo e bielorrusso.

Fomin já havia declarado em entrevistas anteriores que os exercícios são de caráter defensivo.

O vice-ministro russo também negou os boatos de que os exercícios seriam parte dos preparativos para "ocupar" os países Bálticos, a Polônia ou a Ucrânia.


Postar um comentário