Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

Militares sírios estão limpando dos terroristas zona adjacente ao aeródromo de Deir ez-Zor

Os militares de uma unidade de elite das Forças Armadas da Síria e da Guarda Republicana procederam no domingo (10) a uma limpeza da zona adjacente ao aeródromo de Deir ez-Zor, informou o correspondente da Sputnik do local.


Sputnik

Enquanto a vanguarda, apoiada pela artilharia e aviação, é responsável pela destruição das fortificações, material e tropas inimigas ao norte da base aérea, avançando do noroeste e da área do cemitério, as unidades do Quinto Corpo do Exército e forças aliadas continuam avançando de Al-Sukhnah se aproximando da periferia sul de Deir ez-Zor.


Material bélico do Exército Árabe Sírio é visto perto de Deir ez-Zor, no início de setembro de 2017
Equipamento militar do Exército Árabe Sírio em Deir ez-Zor © Sputnik/ Kamel Saqr

No fim do dia 9 de setembro, as tropas de elite do exército sírio conseguiram romper o cerco à base aérea pelo Daesh (organização terrorista proibida na Rússia) ao leste da cidade de Deir ez-Zor e se reunirem com as tropas que defendiam a cidade.

A base da Força Aérea síria esteve cercada pelos terroristas desde janeiro de 2017, ficando mais de mil militares sírios dentro do cerco que continuaram defendendo a cidade, rechaçando quase diariamente ataques dos terroristas. As munições e alimentação têm sido entregues por via aérea.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas