Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio bombardeia terroristas restantes no sul do país (VIDEO)

O exército sírio retomou os ataques de artilharia maciços contra os terroristas restantes na região de Tulul al Safa no deserto de As-Suwayda, no sul do país, depois de eles terem violado a trégua, segundo uma fonte do Exército.
Sputnik

De acordo com uma fonte que falou com a Sputnik Árabe, na terça-feira (16), o Exército sírio e os terroristas que ocupam as colinas de Tulul al Safa firmaram um acordo de cessar-fogo, segundo o qual os combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) se comprometeram a entregar as armas depois de serem cercados e sem saída.


Contudo, na manhã da quarta-feira (17) os terroristas atacaram as unidades do Exército sírio. Por sua vez, os soldados repeliram o ataque com êxito e contra-atacaram. Como resultado, dezenas de militantes foram mortos ou feridos. O Exército resolveu retomar os ataques maciços com peças de artilharia apoiadas do ar, tendo como objetivo eliminar as forças terroristas restantes até a épo…

Ministério russo: Daesh e Frente al-Nusra sofrem as maiores baixas dos últimos meses

Este sábado (30), o Ministério de Defesa russo comunicou que o Daesh e Frente al-Nusra (organizações terroristas proibidas na Rússia e em vários outros países) têm sofrido as maiores baixas dos últimos meses.


Sputnik

As tentativas da Frente al-Nusra e do Daesh de realizarem nas últimas semanas ofensivas na parte ocidental e oriental da Síria falharam; os terroristas têm sofrido as maiores baixas dos últimos meses, comunicou o representante oficial do Ministério da Defesa russo, Igor Konashenkov.


Caça-bombardeiro russo Su-34 realiza ataque contra as forças do Daesh na Síria (foto de arquivo)
Sukhoi Su-34 russo em bombardeio sobre a Síria © Foto: Ministry of Defence of the Russian Federation

"As tentativas das organizações terroristas Frente al-Nusra e Daesh, realizadas durante a última semana na parte oriental e ocidental da Síria, falharam. Com o apoio da Força Aeroespacial da Rússia, as tropas governamentais da Síria conseguiram neutralizar os ataques dos terroristas nas províncias de Idlib e Deir ez-Zor, os combatentes que participavam dos ataques foram eliminados", afirmou ele.

Konashenkov destacou o papel da Rússia na neutralização dos ataques de terroristas.

"As ações eficazes da Força Aeroespacial da Rússia causaram danos consideráveis ao potencial de combate do Daesh e Frente al-Nusra."


Postar um comentário

Postagens mais visitadas