Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Qual será resposta síria a novos mísseis 'inteligentes' dos EUA?

A cada declaração do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre seus "mísseis inteligentes", os sistemas de defesa antiaérea sírios terão sua própria resposta de mísseis, o que foi demonstrado pelo país em 14 de abril, assegurou à Sputnik o membro do Conselho Público junto ao Ministério da Defesa da Rússia, Igor Korotchenko.
Sputnik

Mais cedo, Sergei Rudskoy, chefe da Direção-Geral Operacional do Estado-Maior das Forças Armadas russas, disse aos jornalistas que os especialistas russos tinham detectado evidências de 22 mísseis terem atingido alvos, de um total de 105 anunciados pelos EUA, na sequência do ataque aéreo dos EUA e seus aliados.


"Os mísseis podem ser 'inteligentes', mas os sistemas da defesa antiaérea podem ser eficientes, por isso, para cada míssil 'astuto' haverá um míssil guiado, o que foi demonstrado pelo ótimo treinamento profissional dos soldados sírios. Nas declarações de Trump há muita publicidade, e para cada tweet de Trump sobre seus '…

Ministro norte-coreano diz que Trump está em 'missão suicida' e mísseis 'visitarão os EUA'

O ministro de Relações Exteriores da Coreia do Norte, Ri Yong-ho, fez neste sábado um discurso bastante duro na Assembleia Geral da ONU, em Nova York, direcionando toda a sua artilharia verbal contra o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.


Sputnik

Logo no começo do seu discurso, Ri definiu Trump como uma "pessoa mentalmente perturbada cheia de megalomania", algo semelhante ao que disse o líder do país asiático, Kim Jong-un, no fim desta semana.


Chanceler norte-coreano Ri Yong-ho
Ministro de Relações Exteriores da Coreia do Norte, Ri Yong-ho© AP Photo/ Bullit Marquez

De acordo com o chanceler norte-coreano, as ameaças feitas por Trump na segunda-feira, de que poderia "destruir totalmente" a Coreia do Norte se necessário, apenas fizeram "a visita de nossos foguetes a todo o continente americano ainda mais inevitável".

Ri ainda chamou de "erro irreversível" o apelido dado pelo presidente dos EUA ao líder norte-coreano – Trump vem chamando Kim de "Homem Foguete"–, e destacou que quem está em uma "missão suicida" é o próprio republicano.

"Se vidas estadunidenses forem perdidas, Trump deve ser completamente responsabilizado", pontuou o ministro da Coreia do Norte, país que tradicionalmente faz discursos duros e ácidos contra os EUA em suas aparições na Assembleia Geral da ONU.

Com um discurso "imprudente e violento", Trump está "tentando transformar a ONU em um ninho de gângsters no qual o dinheiro é respeitado e o banho de sangue é a ordem do dia", continuou Ri.

O chanceler norte-coreano reforçou que Pyongyang está próxima de concluir o programa nuclear do país, e que o foco no momento é obter um "equilíbrio de forças" no âmbito militar com os EUA. Ainda segundo ele, apenas Washington e seus aliados devem se sentir ameaçados pelas armas nucleares do país asiáticos.

E, para não deixar dúvidas, Ri classificou como "esperança desesperada" a ideia de que sanções possam fazer a Coreia do Norte deixar de lado o seu programa nuclear.


Postar um comentário