Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vários mortos no confronto entres as forças de Maduro e rebeldes armados

Desfecho sangrento aconteceu durante a operação de captura de Óscar Pérez, que está entre os mortos.O piloto sobrevoou prédios do governo com um helicóptero roubado da polícia em junho do ano passado
Maolis Castro e Florantonia Singer | El País

Vários integrantes do grupo liderado pelo ex-policial Óscar Pérez morreram em um confronto com um coletivo – civis armados chavistas – e um comando da Força de Ações Especiais da Polícia Nacional, em que também morreram dois agentes e um militante chavista. Outros cinco membros do grupo foram presos em uma casa na região de El Junquito, no oeste de Caracas. 

O Governo venezuelano confirmou no início desta tarde que o próprio Pérez está entre os mortos. Seu nome se tornou conhecido em junho, quando roubou um helicóptero da polícia e sobrevoou a sede do Supremo Tribunal de Justiça e do Ministério do Interior. Nunca, em 18 anos de chavismo, ocorreu algo parecido na Venezuela.


O ex-inspetor do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalística…

Moscou e Pequim mobilizam navios, submarinos e aviões de guerra no Pacífico

A Marinha da Rússia e da China mobilizarão, durante as manobras conjuntas Cooperação Naval 2017, 11 navios de superfície e 2 submarinos, comunicou neste domingo (17) em entrevista aos jornalistas Vladimir Matveev, chefe da assessoria de imprensa da Frota do Pacífico.


Sputnik

"Durante a realização da fase naval, por parte da Rússia serão mobilizados o navio antissubmarino Admiral Tributs, a corveta Sovershenny, o navio de resgate Igor Belousov […] e o navio lança-mísseis R-11. Pela parte chinesa participarão destróier de mísseis Shijiazhuang, a fragata de mísseis Daqing, o navio de abastecimento Dongping e o navio de resgate submarino Changdao", informou Matveev.


O destróier Hefei da classe 052D da Marinha chinesa chega a Baltiysk para os treinamentos da China e da Rússia Cooperação Naval 2017
Destroier Hefei da Classe 052D da Marinha da China © Sputnik/ Igor Zarembo

Durante a fase naval das manobras, os militares treinarão a colaboração com a aviação. Nesta fase estarão envolvidos dois aviões Il-38, dois aviões Tu-142, helicópteros Ka-27 da aviação embarcada da Frota do Pacífico. Por parte da China serão mobilizados helicópteros Z-9.

As manobras internacionais Colaboração Naval 2017 terão lugar de 18 a 26 de setembro na base da Frota russa do Pacífico. A fase terrestre será realizada na cidade de Vladivostok de 18 a 21 de setembro, para estes dias estão agendados encontros e reuniões entre as duas partes. A fase naval das manobras começará em 22 de setembro nos mares do Japão e Okhotsk.


Postar um comentário