Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Rússia testará novo avião de transporte militar até o final do ano

Il-112V deverá substituir modelos soviéticos An-24 e An-26, considerados obsoletos.
Nikolai Litôvkin | Russia Beyond

A nova aeronave de transporte militar Il-112V completou os testes de fábrica e está sendo preparada para o primeiro voo, que está previsto para o final de 2018.


Caso os testes sejam bem sucedidos, o Il-112V substituirá nas Forças Armadas russas os modelos An-24 e An-26, desenvolvidos no início dos anos 1960.

O Ilyushin Il-112 é um avião de transporte militar leve de asa alta que está sendo desenvolvido pela Ilyushin Aviation Complex para transporte de cargas militares, equipamentos e pessoal.

Sua capacidade de carga máxima "útil" a bordo será de até cinco toneladas.

Os projetistas pretendem desenvolver duas versões do avião: uma com hangares estendidos para o transporte de equipamentos militares, carga e soldados; e outra, civil, para o transporte de passageiros e carga leve.

O Il-112V é um monoplano com configuração aerodinâmica tradicional e dois poderosos motores…

Opinião: Turquia começa a se orientar para Rússia em vez da OTAN

Analista militar Konstantin Sivkov declarou ao serviço russo da Rádio Sputnik que Ancara é atraída para a Rússia no domínio técnico-militar.


Sputnik

O presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan declarou que Ancara efetuou o primeiro depósito pelos sistemas de mísseis S-400, informa o jornal turco Hurriyet.

Istambul, Turquia, funcionário de uma loja manuseia bandeira da Rússia
Funcionário de uma loja em Istambul, Turqui, manuseia a bandeira da Rússia © AP Photo/ Thanassis Stavrakis

"Os nossos amigos já assinaram o acordo sobre os S-400. Segundo sei, já foi realizado o primeiro depósito. O processo continuará com a concessão de um crédito russo para nós. Eu e o senhor Putin estamos sintonizados sobre esse assunto", informou aos jornalistas o presidente turco após seu regresso do Cazaquistão.

"A Turquia decidiu comprar sistemas russos S-400 e o acordo já foi celebrado, a Turquia vai receber estes sistemas de mísseis. Isso significa que a Turquia começa se orientando para a Rússia no domínio técnico militar e não para a OTAN. Isso enfraquece as posições da OTAN na Turquia", comunicou o analista russo Konstantin Sivkov ao serviço russo da Rádio Sputnik.

De acordo com ele, se estão formando condições para que a Turquia se torne um membro "fraco" da OTAN no sentido estratégico, ela vai se orientar mais para a Rússia. Isso seria uma perda importante para os EUA, que controlam a Europa através da OTAN.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas