Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Opinião: Turquia começa a se orientar para Rússia em vez da OTAN

Analista militar Konstantin Sivkov declarou ao serviço russo da Rádio Sputnik que Ancara é atraída para a Rússia no domínio técnico-militar.


Sputnik

O presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan declarou que Ancara efetuou o primeiro depósito pelos sistemas de mísseis S-400, informa o jornal turco Hurriyet.

Istambul, Turquia, funcionário de uma loja manuseia bandeira da Rússia
Funcionário de uma loja em Istambul, Turqui, manuseia a bandeira da Rússia © AP Photo/ Thanassis Stavrakis

"Os nossos amigos já assinaram o acordo sobre os S-400. Segundo sei, já foi realizado o primeiro depósito. O processo continuará com a concessão de um crédito russo para nós. Eu e o senhor Putin estamos sintonizados sobre esse assunto", informou aos jornalistas o presidente turco após seu regresso do Cazaquistão.

"A Turquia decidiu comprar sistemas russos S-400 e o acordo já foi celebrado, a Turquia vai receber estes sistemas de mísseis. Isso significa que a Turquia começa se orientando para a Rússia no domínio técnico militar e não para a OTAN. Isso enfraquece as posições da OTAN na Turquia", comunicou o analista russo Konstantin Sivkov ao serviço russo da Rádio Sputnik.

De acordo com ele, se estão formando condições para que a Turquia se torne um membro "fraco" da OTAN no sentido estratégico, ela vai se orientar mais para a Rússia. Isso seria uma perda importante para os EUA, que controlam a Europa através da OTAN.

Postar um comentário