Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Rússia: EUA provocaram combates em Idlib para impedir o avanço sírio em Deir ez-Zor

Os militantes da Frente al-Nusta iniciaram uma ampla ofensiva contra as posições das tropas sírias ao norte e nordeste da cidade de Hama, na zona de desescalada de Idlib, informou o ministério da Defesa da Rússia nesta quarta-feira.
Sputnik

Segundo o ministério russo, a ofensiva terrorista foi uma manobra dos serviços de inteligência dos EUA para impedir o avanço das tropas sírias em Deir ez-Zor.


Os militantes da Frente al-Nusta iniciaram uma ampla ofensiva contra as posições das tropas sírias ao norte e nordeste da cidade de Hama, na zona de desescalada de Idlib.

"Apesar dos acordos assinados no dia 15 de setembro em Astana, os combatentes da Frente al-Nusra e seus aliados, que se negaram a cumprir as condições do regime de cessar-fogo, iniciaram uma ampla ofensiva contra as tropas governamentais, a partir das 8hs da manhã do dia 19 de setembro, ao norte e nordeste da cidade de Hama, na zona de desescalada de Idlib", informa o comunicado.

Durante o dia, os terroristas conseguira…

Putin: Coreia do Norte não precisa ter medo por sua segurança

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou que é preciso dialogar com a Coreia do Norte, este país não precisa ter medo por sua segurança.


Sputnik

"É preciso que nos orientemos para ao diálogo entre todas as partes interessadas. É preciso que todas as partes deste processo, incluindo a Coreia do Norte, não tenham nenhumas preocupações relacionadas com a ameaça de destruição, mas, pelo contrário, é necessário que todos os participantes do conflito sigam o caminho da colaboração", disse o presidente durante a coletiva de imprensa dedicada ao encerramento da cúpula do BRICS.


Exército Popular da Coreia apresenta, em desfile, complexos de lançamento de mísseis balísticos intercontinentais em abril de 2017
Desfile militar na Coreia do Norte © Sputnik/ Ilia Pitalev

Segundo ele, "nas condições e na situação atual, a escalada da histeria militar é algo absolutamente sem sentido […] Isto conduz a uma situação de completo beco sem saída", frisou ele.

Vladimir Putin destacou também que a Coreia do Norte possui outros tipos de armamento, contra os quais o equipamento antimíssil é inútil.

"Nessas condições, a escalada da histeria militar não levará a nada de bom. Tudo isto pode causar uma catástrofe de escala mundial, bem como a grande número de vítimas", ressaltou o presidente.


Postar um comentário