Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Águas 'quentes' da Síria: fragata russa persegue submarino nuclear dos EUA

Durante sua última missão no mar Mediterrâneo em abril passado, a fragata Admiral Essen da Marinha russa conseguiu detectar e perseguir um submarino nuclear dos EUA perto da costa síria. Essa informação foi só agora tornada pública.
Sputnik

A fragata Admiral Essen, pertencente à Frota do Mar Negro, perseguiu o submarino estadunidense da classe Ohio durante mais de duas horas, comunica o jornal russo Izvestiya, citando o Estado-Maior da Marinha russa.

A tripulação do navio russo registrou os parâmetros principais do submarino para, em seguida, os adicionar ao retrato acústico do submersível.

A fragata havia partido para o mar Mediterrâneo em março e regressou à base de Sevastopol no fim de junho. Encontrava-se na zona costeira síria quando os EUA, o Reino Unido e a França atacaram a Síria com mísseis.

Além disso, no decurso da missão, a sua tripulação realizou uma série de manobras táticas. Em particular, treinou ataques contra alvos marítimos e aéreos, combate em grupo e isolado, bem como…

Putin: Coreia do Norte não precisa ter medo por sua segurança

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou que é preciso dialogar com a Coreia do Norte, este país não precisa ter medo por sua segurança.


Sputnik

"É preciso que nos orientemos para ao diálogo entre todas as partes interessadas. É preciso que todas as partes deste processo, incluindo a Coreia do Norte, não tenham nenhumas preocupações relacionadas com a ameaça de destruição, mas, pelo contrário, é necessário que todos os participantes do conflito sigam o caminho da colaboração", disse o presidente durante a coletiva de imprensa dedicada ao encerramento da cúpula do BRICS.


Exército Popular da Coreia apresenta, em desfile, complexos de lançamento de mísseis balísticos intercontinentais em abril de 2017
Desfile militar na Coreia do Norte © Sputnik/ Ilia Pitalev

Segundo ele, "nas condições e na situação atual, a escalada da histeria militar é algo absolutamente sem sentido […] Isto conduz a uma situação de completo beco sem saída", frisou ele.

Vladimir Putin destacou também que a Coreia do Norte possui outros tipos de armamento, contra os quais o equipamento antimíssil é inútil.

"Nessas condições, a escalada da histeria militar não levará a nada de bom. Tudo isto pode causar uma catástrofe de escala mundial, bem como a grande número de vítimas", ressaltou o presidente.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas