Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O que acontece quando desaparece um submarino como o argentino ARA San Juan

As autoridades argentinas continuam com as buscas para tentar localizar o submarino ARA San Juan, que estava em uma missão de treinamento e desapareceu na última quarta com 44 tripulantes a bordo.
BBC Brasil


A Marinha argentina revelou que, no último contato, o subcomandante afirmou que a embarcação apresentava um curto-circuito no sistema de baterias.


O submarino fazia o trajeto entre o Ushuaia, no sul do país, e a base naval de Mar del Plata, mais ao norte, quando deixou de se comunicar e sumiu dos radares. Segundo a Marinha, a tripulação teria comida e oxigênio para mais dois dias.

O governo argentino conta com a ajuda de vários países para realizar as buscas, incluindo Brasil e Estados Unidos.

Mas quais são principais dificuldades em uma operação para localizar um submarino? A BBC tenta responder a esta e a outras perguntas sobre o tema.

Por que submarinos não podem ser detectados?


Os submarinos são construídos para serem difíceis de se encontrar. O papel deles é participar, com frequênc…

Putin e Xi Jinping acordam buscar desnuclearização da Península da Coreia

O presidente da Rússia Vladimir Putin e o seu homólogo chinês Xi Jinping acordaram manter uma cooperação estreita frente ao novo teste nuclear da Coreia do Norte e reagir à situação "de forma apropriada", informou a agência chinesa Xinhua.


Sputnik

No domingo (3), na cidade chinesa de Xiamen, foi realizado um encontro entre o presidente da Rússia Vladimir Putin e o líder da China Xi Jinping. O presidente russo está na China para participar na cúpula do BRICS.


Presidente russo, Vladimir Putin, com seu homólogo chinês, Xi Jinping, durante o encontro bilateral nas margens da cúpula dos BRICS em Xiamen
Vladimir Putin, presidente da Rússia e Xi Jinping, presidente da China

"Os dois líderes acordaram respeitar o objetivo de desnuclearização da Península da Coreia e manter uma cooperação estreita devido à nova situação" informou a agência.

No início de julho, Moscou e Pequim se pronunciaram a favor de parar simultaneamente o programa de mísseis e nuclear norte-coreano e os exercícios militares conjuntos dos EUA e da Coreia do Sul.

Anteriormente neste domingo, a Coreia do Norte declarou ter realizado um teste bem-sucedido de uma bomba de hidrogênio, destinada aos mísseis balísticos intercontinentais. A ordem de realizar o teste foi dada pelo líder norte-coreano, Kim Jong-un. De acordo com Pyongyang, o teste não provocou fuga de radiação ou outros efeitos negativos para o meio-ambiente.


Postar um comentário