Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil simula resgate de civis em área de conflito ou desastre natural (VÍDEO)

A Marinha do Brasil realizou entre os dias 6 e 14 de novembro a Operação Atlântico, na praia de Itaoca, no Espírito Santo. A simulação deste ano treinou os oficiais para casos em que houvesse resgate de civis em uma área de conflito armado ou que foram alvos de desastres naturais.
Sputnik

Era por volta de 5h40 do dia 10 de novembro, um sábado, ainda estava amanhecendo, quando o Almirante Paulo Martinho Zucaro, Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, olhou e disse para a reportagem da Sputnik Brasil: "É guerra".


A declaração foi dada para explicar os motivos de se realizar um treinamento deste porte mesmo em condições extremamente desfavoráveis. A chuva era forte, as ondas na beira da praia atingiam 1,5 metros e os ventos chegaram a 20 km/h. O nível de dificuldade preocupava o alto comando, mas não foi um problema para os fuzileiros e marinheiros.

Antes do amanhecer, sete Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf) chegaram à praia e deram início ao desembarque. Após eles chegarem foi…

Putin e Xi Jinping acordam buscar desnuclearização da Península da Coreia

O presidente da Rússia Vladimir Putin e o seu homólogo chinês Xi Jinping acordaram manter uma cooperação estreita frente ao novo teste nuclear da Coreia do Norte e reagir à situação "de forma apropriada", informou a agência chinesa Xinhua.


Sputnik

No domingo (3), na cidade chinesa de Xiamen, foi realizado um encontro entre o presidente da Rússia Vladimir Putin e o líder da China Xi Jinping. O presidente russo está na China para participar na cúpula do BRICS.


Presidente russo, Vladimir Putin, com seu homólogo chinês, Xi Jinping, durante o encontro bilateral nas margens da cúpula dos BRICS em Xiamen
Vladimir Putin, presidente da Rússia e Xi Jinping, presidente da China

"Os dois líderes acordaram respeitar o objetivo de desnuclearização da Península da Coreia e manter uma cooperação estreita devido à nova situação" informou a agência.

No início de julho, Moscou e Pequim se pronunciaram a favor de parar simultaneamente o programa de mísseis e nuclear norte-coreano e os exercícios militares conjuntos dos EUA e da Coreia do Sul.

Anteriormente neste domingo, a Coreia do Norte declarou ter realizado um teste bem-sucedido de uma bomba de hidrogênio, destinada aos mísseis balísticos intercontinentais. A ordem de realizar o teste foi dada pelo líder norte-coreano, Kim Jong-un. De acordo com Pyongyang, o teste não provocou fuga de radiação ou outros efeitos negativos para o meio-ambiente.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas