Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Pyongyang acusa ONU de buscar 'eliminar fisicamente o povo' norte-coreano

A Coreia do Norte criticou fortemente o novo pacote de sanções da ONU e afirmou que as restrições só irão acelerar o seu programa nuclear.


Sputnik

As novas sanções adoptadas contra a Coreia do Norte são "cruéis, imorais e desumanas", afirmou na segunda (18) o Ministério das Relações Exteriores do país em um comunicado publicado pela agência oficial KCNA. 


Uma mulher participa dos festejos comemorando os 105 anos de nascimento de Kim Jong-il
Festejos na Coreia do Norte © Sputnik/ Ilia Pitalev

Classificando a adopção das sanções de "ato hosti", Pyongyang afirmou que estas visam "eliminar fisicamente" o povo norte-coreano.

"A multiplicação das iniciativas dos EUA e de seus vassalos para impor sanções e pressionar a Coreia do Norte só vai acelerar o ritmo de realização completa do nosso arsenal nuclear", declarou o ministério norte-coreano.

A Administração dos EUA indicou que vai pedir a aplicação completa das sanções internacionais contra a Coreia do Norte durante a reunião da Assembleia Geral da ONU nesta semana.


Postar um comentário