Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

Rússia desmente informação sobre 'ataque a jornalistas' durante manobras Zapad 2017

O Ministério da Defesa da Rússia desmentiu a informação nas redes sociais sobre uma "salva disparada contra uma multidão de jornalistas" durante as manobras Zapad 2017.


Sputnik

O serviço de imprensa da Região Militar Ocidental sublinhou que em 18 de setembro nas manobras não houve quaisquer incidentes envolvendo a aviação militar.


Kamov Ka-52 Alligator
Kamov Ka-52 Alligator © Sputnik/ Vladimir Astapkovich

"Toda a informação sobre 'disparos contra a multidão de jornalistas' e 'uma grande quantidade de feridos graves' nas redes sociais – é uma provocação intencional ou um disparate pessoal de alguém", apontou o ministério russo.

Acrescenta-se que as imagens publicadas na Internet mostram outro episódio que ocorreu em outra altura, quando os helicópteros treinavam "fogo sobre alvos terrestres".

"O sistema de pontaria de um helicóptero capturou o alvo errado. Em resultado do disparo de um míssil não guiado foi danificado um caminhão sem pessoas", explicou o serviço de imprensa da entidade militar.

Os exercícios estratégicos Zapad 2017 são realizados no período de 14 a 20 de setembro em 9 polígonos da Rússia e Bielorrússia e envolvem a participação de 12,7 mil dos militares (7,2 mil da Bielorrússia e cerca de 5,5 mil da Rússia). Centenas de jornalistas russos e bielorrussos, bem como adidos militares de mais de 50 países estão observando as manobras.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas