Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia quer ajudar Iraque a combater curdos em Kirkuk

A Turquia informou nesta segunda-feira que estava pronta para ajudar o governo iraquiano a expulsar os combatentes curdos da cidade de Kirkuk, informou AFP.
Sputnik

Ancara teme que a eventual independência do Curdistão iraquiano pode desencadear movimentos semelhantes entre a população curda na Turquia e saudou a operação das forças iraquianas para expulsar as forças do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) de Kirkuk.


"Estamos prontos para qualquer forma de cooperação com o governo iraquiano de modo a acabar com a presença do PKK no território do Iraque", disse o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu.

O Conselho de Segurança Nacional do Iraque afirmou neste domingo que considerará a presença de militares curdos em Kirkuk como um "declaração de guerra".

Na segunda-feira, as forças iraquianas tomaram amplos territórios nos arredores da cidade, bem como uma base militar, um aeroporto e um campo petrolífero.

Em 2014, as tropas peshmerga curdas …

Rússia desmente informação sobre 'ataque a jornalistas' durante manobras Zapad 2017

O Ministério da Defesa da Rússia desmentiu a informação nas redes sociais sobre uma "salva disparada contra uma multidão de jornalistas" durante as manobras Zapad 2017.


Sputnik

O serviço de imprensa da Região Militar Ocidental sublinhou que em 18 de setembro nas manobras não houve quaisquer incidentes envolvendo a aviação militar.


Kamov Ka-52 Alligator
Kamov Ka-52 Alligator © Sputnik/ Vladimir Astapkovich

"Toda a informação sobre 'disparos contra a multidão de jornalistas' e 'uma grande quantidade de feridos graves' nas redes sociais – é uma provocação intencional ou um disparate pessoal de alguém", apontou o ministério russo.

Acrescenta-se que as imagens publicadas na Internet mostram outro episódio que ocorreu em outra altura, quando os helicópteros treinavam "fogo sobre alvos terrestres".

"O sistema de pontaria de um helicóptero capturou o alvo errado. Em resultado do disparo de um míssil não guiado foi danificado um caminhão sem pessoas", explicou o serviço de imprensa da entidade militar.

Os exercícios estratégicos Zapad 2017 são realizados no período de 14 a 20 de setembro em 9 polígonos da Rússia e Bielorrússia e envolvem a participação de 12,7 mil dos militares (7,2 mil da Bielorrússia e cerca de 5,5 mil da Rússia). Centenas de jornalistas russos e bielorrussos, bem como adidos militares de mais de 50 países estão observando as manobras.


Postar um comentário