Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Força Aérea israelense anuncia estreia global do caça F-35 em combate

Israel foi o primeiro país ao qual os Estados Unidos autorizaram a venda do caça invisível
Juan Carlos Sanz | El País
Jerusalém - A Força Aérea de Israel revelou nesta terça-feira que foi a primeira a utilizar em combate o F-35, o ultramoderno caça furtivo indetectável para os radares inimigos. O chefe da aeronáutica israelense, general Amikam Nirkin, fez o comunicado aos comandantes das forças aéreas de vários países reunidos ao norte de Tel Aviv.

O general Nirkin mostrou a seus colegas – procedentes dos EUA, Itália, França, Índia e Brasil, entre outros países – a imagem de vários F-35 sobre Beirute, enquanto confirmava que esses aviões tinham participado de ataques em duas frentes.

“O esquadrão do F-35 está em operação e já sobrevoa todo o Oriente Médio”, afirmou o chefe da força aérea.

Nirkin reiterou que, há duas semanas, a Guarda Revolucionária iraniana disparou 32 foguetes contra as Colinas de Golã, planalto sírio ocupado por Israel desde 1967 e que, em resposta à agressão, a aviação…

Rússia desmente informação sobre 'ataque a jornalistas' durante manobras Zapad 2017

O Ministério da Defesa da Rússia desmentiu a informação nas redes sociais sobre uma "salva disparada contra uma multidão de jornalistas" durante as manobras Zapad 2017.


Sputnik

O serviço de imprensa da Região Militar Ocidental sublinhou que em 18 de setembro nas manobras não houve quaisquer incidentes envolvendo a aviação militar.


Kamov Ka-52 Alligator
Kamov Ka-52 Alligator © Sputnik/ Vladimir Astapkovich

"Toda a informação sobre 'disparos contra a multidão de jornalistas' e 'uma grande quantidade de feridos graves' nas redes sociais – é uma provocação intencional ou um disparate pessoal de alguém", apontou o ministério russo.

Acrescenta-se que as imagens publicadas na Internet mostram outro episódio que ocorreu em outra altura, quando os helicópteros treinavam "fogo sobre alvos terrestres".

"O sistema de pontaria de um helicóptero capturou o alvo errado. Em resultado do disparo de um míssil não guiado foi danificado um caminhão sem pessoas", explicou o serviço de imprensa da entidade militar.

Os exercícios estratégicos Zapad 2017 são realizados no período de 14 a 20 de setembro em 9 polígonos da Rússia e Bielorrússia e envolvem a participação de 12,7 mil dos militares (7,2 mil da Bielorrússia e cerca de 5,5 mil da Rússia). Centenas de jornalistas russos e bielorrussos, bem como adidos militares de mais de 50 países estão observando as manobras.


Postar um comentário