Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Rússia vai enviar material para reconstruir a infraestrutura na Síria

O ministério da Defesa da Rússia anunciou estar enviando mais de 4 mil toneladas de material de construção para a Síria para reerguer a infraestrutura do país.


Sputnik

Além disso, mais de 40 unidades de equipamento de construção serão encaminhadas para realizar os trabalhos.


Bandeiras da Rússia e da Síria no convés do porta-aviões russo Admiral Kuznetsov no Mediterrâneo
Bandeiras da Rússia e da Síria no convés do porta-aviões russo Admiral Kuznetzov © Sputnik/ Serviço de Imprensa da Frota do Norte/Andrey Luzik/USO EDITORIAL

Segundo o comunicado do órgão, mais de 2 mil toneladas de canos metálicos para fornecimento de água e canalizações estão na lista, com centenas de quilômetros de fios elétricos de alta voltagem e de fibra óptica, para restauração dos sistemas de fornecimento de energia elétrica e de comunicação. O ministério também revelou que pretende participar na reconstrução de hospitais, escolas e instalações públicas.

"O ministério da Defesa da Rússia está realizando o fornecimento do equipamento e de materiais de construção por transporte ferroviário até o porto de Novorossiysk, de onde a carga seguirá para a Síria", explicou o comunicado.

Mais cedo, o ministério informou que um grupo de militares foi enviado para as áreas liberadas de Deir ez-Zor para preparar a operação de desminagem da região.


Postar um comentário