Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialistas: aumenta o risco de guerra entre os EUA, a Rússia e a China

O desenvolvimento de novos tipos de armas nucleares de "baixa potência" aumenta o risco de uma guerra entre os EUA, a Rússia e a China, segundo especialistas consultados por Newsweek.
Sputnik

O Pentágono está desenvolvendo dois novos tipos de armas nucleares, para acompanhar os progressos da Rússia e da China nesse terreno. Os especialistas tiveram acesso às minutas do projeto de doutrina nuclear norte-americana, que acusa Moscou e Pequim de ampliar as suas capacidades nucleares. 


Esse documento afirma a necessidade de "desenvolver e incorporar novos meios de contenção e de defesa dos objetivos, quando a contenção não funciona".

Entre outras medidas, o projeto revela a intenção de desenvolver ogivas nucleares de baixa potência para mísseis Trident, utilizados por submarinos da classe Ohio. Além disso, o departamento de Defesa dos EUA planeja desenvolver um míssil nuclear de baixa potência para suas bases marítimas.

O Pentágono considera o atual arsenal nuclear a disposi…

Sapadores da Rússia estão prontos para desminar Deir ez-Zor

Os sapadores do Centro Internacional Anti-Minas das Forças Armadas da Rússia acabam de ser enviados à Síria para desminar a cidade de Deir ez-Zor.


Sputnik

O destacamento avançado do Centro Internacional Anti-Minas das Forças Armadas da Rússia irá efetuar trabalhos destinados a limpar Deir ez-Zor de minas, informa o Departamento da Informação e Comunicação do Ministério da Defesa russo.


Sapador russo ao lado de um sistema robótico Uran-6 (foto de arquivo)
Sapador russo ao lado de um sistema robótico Uran-6 © Sputnik/ Sergei Pivovarov

Mais cedo, o ministério russo informou que o Exército sírio, apoiado pela Força Aeroespacial da Rússia, derrotou completamente o Daesh na área de Deir ez-Zor. Destaca-se que essa vitória é estimada como a maior dos últimos três anos.

"Mais de 40 especialistas do Centro Internacional Anti-Minas das Forças Armadas da Federação da Rússia, sete unidades de material militar blindado e um grupo de cinólogos com cães treinados para buscar minas foram transferidos para o aeródromo sírio de Hmeymim pela aviação de transporte militar", diz o comunicado do ministério.

Além disso, o comunicado indica que, em breve, os militares russos vão se dirigir para os bairros libertados de Deir ez-Zor para realizar o reconhecimento e estimar a escala da futura neutralização de minas.

No total, 175 militares do Centro Internacional Anti-Minas e 42 unidades de equipamento especial, incluindo os modernos complexos robotizados Uran-6, serão enviados à Síria para efetuar a desativação de minas.

Em primeiro lugar, os sapadores irão desminar as estradas que ligam as principais infraestruturas sociais da cidade, bem como esses mesmos prédios: hospitais, escolas, estações de fornecimento de água e eletricidade, bem como monumentos históricos, etc., sublinha o comunicado.


Postar um comentário