Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Morte made in Brazil: conflitos no Oriente Médio alavancam exportação de armamento do país

Uma missão árabe chegou ao Brasil interessada na compra de cargueiros KC-390 fabricados pela Embraer. A visita é resultado do esforço do Grupo Parlamentar Brasil-Arábia Saudita, criado no início deste mês, para aproximar os dois países no campo de defesa militar.
Sputnik

O KC-390 vai substituir os Hércules C-130 da Força Aérea Brasileira (FAB), é o maior avião produzido na América e foi concebido como um jato militar de transporte, anunciado pela primeira vez na edição de 2007 da Latin America Aero & Defence (LAAD), no Rio de Janeiro. A produção do avião, com capacidade para 23 toneladas de carga, envolve parcerias com fornecedores de peças de Argentina, Portugal e República Tcheca. Com um custo unitário de US$ 85 milhões, o KC-390, em fase final de testes, tem recebido propostas de compra de vários países.



A compra do cargueiro, porém, é apenas um detalhe na exportação brasileira de armamentos não só para a Arábia Saudita, como também para vários países do Oriente Médio e do Norte d…

Sapadores da Rússia estão prontos para desminar Deir ez-Zor

Os sapadores do Centro Internacional Anti-Minas das Forças Armadas da Rússia acabam de ser enviados à Síria para desminar a cidade de Deir ez-Zor.


Sputnik

O destacamento avançado do Centro Internacional Anti-Minas das Forças Armadas da Rússia irá efetuar trabalhos destinados a limpar Deir ez-Zor de minas, informa o Departamento da Informação e Comunicação do Ministério da Defesa russo.


Sapador russo ao lado de um sistema robótico Uran-6 (foto de arquivo)
Sapador russo ao lado de um sistema robótico Uran-6 © Sputnik/ Sergei Pivovarov

Mais cedo, o ministério russo informou que o Exército sírio, apoiado pela Força Aeroespacial da Rússia, derrotou completamente o Daesh na área de Deir ez-Zor. Destaca-se que essa vitória é estimada como a maior dos últimos três anos.

"Mais de 40 especialistas do Centro Internacional Anti-Minas das Forças Armadas da Federação da Rússia, sete unidades de material militar blindado e um grupo de cinólogos com cães treinados para buscar minas foram transferidos para o aeródromo sírio de Hmeymim pela aviação de transporte militar", diz o comunicado do ministério.

Além disso, o comunicado indica que, em breve, os militares russos vão se dirigir para os bairros libertados de Deir ez-Zor para realizar o reconhecimento e estimar a escala da futura neutralização de minas.

No total, 175 militares do Centro Internacional Anti-Minas e 42 unidades de equipamento especial, incluindo os modernos complexos robotizados Uran-6, serão enviados à Síria para efetuar a desativação de minas.

Em primeiro lugar, os sapadores irão desminar as estradas que ligam as principais infraestruturas sociais da cidade, bem como esses mesmos prédios: hospitais, escolas, estações de fornecimento de água e eletricidade, bem como monumentos históricos, etc., sublinha o comunicado.


Postar um comentário