Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha e Aeronáutica do Brasil auxiliam buscas a submarino argentino desaparecido, diz ministro

Segundo Raul Jungmann, três navios e um avião brasileiros já foram disponibilizados. Última vez que o submarino militar com 44 pessoas a bordo manteve contato com a base foi na quarta-feira (15).
Por G1, Brasília

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, publicou em seu perfil no Twitter neste sábado (18) que três navios da Marinha brasileira "já estão auxiliando" nas buscas a um submarino argentino que desapareceu com 44 tripulantes a bordo.

Ainda segundo o ministro, a Força Aérea Brasileira (FAB) disponibilizou um avião para também ajudar na procura pelo submarino e um segundo avião "será deslocado para apoiar as buscas do submarino argentino desaparecido" a partir deste domingo (19).

O submarino militar ARA San Juan manteve contato com a base pela última vez na manhã de quarta-feira (15), quando estava no sul do Mar Argentino, a 432 quilômetros da costa patagônica do país.

De acordo com a FAB, o primeiro avião disponibilizado pelo Brasil decolou, com 18 tripulantes, às 17…

Senado dos EUA aprovou orçamento de Defesa para 2018 de quase US$ 700 bilhões

Nesta segunda-feira, o Senado dos EUA aprovou o projeto do orçamento de Defesa do país para 2018, no valor de US$ 692 bilhões.


Sputnik

O documento foi aprovado pela ampla maioria e recebeu 89 votos.


O abrangente Manual Militar de 1.176 páginas, que contém a Lei da Guerra, foi publicado na sexta-feira, anunciou o Departamento de Defesa dos EUA em comunicado
© AP Photo/ Marco Di Lauro

O ano financeiro de 2018 norte-americano começa em 1 de outubro de 2017.

A Casa Branca tinha solicitado US$ 603 bilhões mais US$ 65 bilhões para a realização de operações militares no exterior. No total, os senadores aprovaram um financiamento de quase US$ 700 bilhões.

O orçamento de Defesa para 2017 foi de US$ 619 bilhões.

O projeto aprovado, seguindo a sugestão da Casa Branca, contempla a ampliação dos gastos em defesa antimíssil até a soma de US$ 8,5 bilhões — um valor superior ao solicitado pela administração presidencial.

A Ucrânia deve receber US$ 150 milhões em apoio militar (contra US$ 350 deste ano). No entanto, somente US$ 75 milhões estarão avaliáveis no início. O resto dos recursos deverá receber uma aprovação adicional do senado.


Postar um comentário