Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

No decorrer da operação Ramo de Oliveira será criada zona de segurança na Síria

O primeiro-ministro turco Binali Yildirim anunciou a criação, durante a operação militar turca na província síria de Afrin, de uma faixa de segurança de 30 quilômetros.
Sputnik

O premiê, citado pela emissora Haberturk, adiantou também que a operação seria efetuada em quatro etapas.


"A operação vai decorrer em 4 etapas com o objetivo de criar uma faixa de segurança de 30 quilômetros, que será limpa de terroristas", disse o político, citado pela emissora NTV.

Yildirim adiantou que até agora não há mortos ou feridos entre o contingente turco que realiza a operação.

Mais cedo, o Estado-Maior da Turquia anunciou o início da operação "Ramo de Oliveira" contra os grupos curdos na província síria de Afrin, que começou precisamente às 14h00 locais (12h00 no horário de Brasília). De acordo com a entidade militar, a operação conta com a participação de 72 aviões, enquanto 108 dos 113 alvos planejados já foram eliminados. Há poucos dias, o premiê turco, Binali Yildirim, havia avanç…

Senado dos EUA aprovou orçamento de Defesa para 2018 de quase US$ 700 bilhões

Nesta segunda-feira, o Senado dos EUA aprovou o projeto do orçamento de Defesa do país para 2018, no valor de US$ 692 bilhões.


Sputnik

O documento foi aprovado pela ampla maioria e recebeu 89 votos.


O abrangente Manual Militar de 1.176 páginas, que contém a Lei da Guerra, foi publicado na sexta-feira, anunciou o Departamento de Defesa dos EUA em comunicado
© AP Photo/ Marco Di Lauro

O ano financeiro de 2018 norte-americano começa em 1 de outubro de 2017.

A Casa Branca tinha solicitado US$ 603 bilhões mais US$ 65 bilhões para a realização de operações militares no exterior. No total, os senadores aprovaram um financiamento de quase US$ 700 bilhões.

O orçamento de Defesa para 2017 foi de US$ 619 bilhões.

O projeto aprovado, seguindo a sugestão da Casa Branca, contempla a ampliação dos gastos em defesa antimíssil até a soma de US$ 8,5 bilhões — um valor superior ao solicitado pela administração presidencial.

A Ucrânia deve receber US$ 150 milhões em apoio militar (contra US$ 350 deste ano). No entanto, somente US$ 75 milhões estarão avaliáveis no início. O resto dos recursos deverá receber uma aprovação adicional do senado.


Postar um comentário