Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vários mortos no confronto entres as forças de Maduro e rebeldes armados

Desfecho sangrento aconteceu durante a operação de captura de Óscar Pérez, que está entre os mortos.O piloto sobrevoou prédios do governo com um helicóptero roubado da polícia em junho do ano passado
Maolis Castro e Florantonia Singer | El País

Vários integrantes do grupo liderado pelo ex-policial Óscar Pérez morreram em um confronto com um coletivo – civis armados chavistas – e um comando da Força de Ações Especiais da Polícia Nacional, em que também morreram dois agentes e um militante chavista. Outros cinco membros do grupo foram presos em uma casa na região de El Junquito, no oeste de Caracas. 

O Governo venezuelano confirmou no início desta tarde que o próprio Pérez está entre os mortos. Seu nome se tornou conhecido em junho, quando roubou um helicóptero da polícia e sobrevoou a sede do Supremo Tribunal de Justiça e do Ministério do Interior. Nunca, em 18 anos de chavismo, ocorreu algo parecido na Venezuela.


O ex-inspetor do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalística…

Seul: tremor de terra foi quase 10 vezes mais forte que último teste de Pyongyang

O chefe do Comitê de Defesa sul-coreano, Kim Young-woo, declarou que o sexto teste nuclear de Pyongyang teve uma potência de 100 quilotoneladas, quatro ou cinco vezes mais que a bomba nuclear lançada sobre a cidade japonesa de Nagasaki em 1945, informa Yonhap.


Sputnik

Kim Young-woo destacou que o poder explosivo da versão testada neste domingo foi 9,8 vezes mais forte do que o teste anterior de Pyongyang. O quinto teste nuclear norte-coreano foi realizado no dia 9 de setembro do ano passado, coincidindo com o 68º aniversário da fundação do país. Teve uma potência de 10 quilotoneladas e provocou um terremoto de 5,3 graus de magnitude.


Cidade de Seul, capital da Coreia do Sul
Seul, capital da Coreia do Sul © Sputnik/ Aleksandr Kryazhev

Os militares sul-coreanos confirmaram este domingo ter ocorrido "um sismo artificial perto do polígono de testes nucleares" de Pyongyang, e "acreditam que a Coreia do Norte realizou o seu sexto teste nuclear".


Postar um comentário