Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares norte-americanos acreditam que EUA entrarão em guerra

Quase metade do Exército dos EUA está confiante de que durante o ano de 2019 seu país estará envolvido em um grave conflito armado, de acordo com o Military Times.
Sputnik

Segundo uma pesquisa recente, 46% dos participantes não duvidam que o confronto militar ocorrerá no próximo ano.


A título de comparação, em 2017, apenas 5% dos militares dos EUA esperavam um conflito armado, enquanto 50% descartaram um cenário de guerra e 4% não responderam.

Quanto aos inimigos mais prováveis, os soldados dos EUA mencionaram principalmente a Rússia e a China. Respectivamente, 72% e 69% dos entrevistados escolheram esses dois países.

Além disso, cerca de 57% estão preocupados com a presença de extremistas islâmicos nos Estados Unidos. Em particular, 48% destacaram uma possível ameaça por parte dos grupos terroristas Daesh e Al Qaeda (proibidos na Rússia e em outros países).

Turquia compra sistemas de defesa antiaérea russos S-400

Ancara e Moscou concluíram acordo de compra de mísseis S-400, negociado durante vários meses.


Sputnik

"Nossos amigos já assinaram o acordo sobre os S-400. Ao que sei, a primeira prestação já foi paga", declarou o presidente de Turquia, Recep Tayyip Erdogan, ao jornal Hurriyet.


Sistema de mísseis S-400
Sistema de defesa antiaerea S-400 © Sputnik/ Vitaly Ankov

Ele acrescentou que "o processo continuará com a concessão de crédito por parte da Rússia. Eu e o senhor Putin [Vladimir, presidente da Rússia] concordamos quanto a esse assunto".

As negociações entre Moscou e Ancara sobre as entregas dos sistemas de mísseis S-400 não foram fáceis. No fim de julho passado, Erdogan anunciou a compra. Em agosto, o diretor da empresa estatal russa Rosoboronexport, Aleksandr Mikheev, confirmou que o contrato estava quase assinado.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas