Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Ministério das Relações Exteriores russo acusa EUA de ajudar terroristas na Síria

Ao reforçar seu interesse em liquidar o Daesh [organização terrorista proibida na Rússia] da face da Terra, Moscou se mostrou preocupada com o fato de os EUA demonstrarem o contrário através de suas ações, ressalta Sergei Ryabkov, vice-ministro do ministério.
Sputnik

"Apesar de tudo, alguns objetivos políticos e geopolíticos são mais importantes para Washington, o que está declarado no plano de lealdade à luta antiterrorista", disse Ryabkov a jornalistas. Segundo ele, a Rússia espera que Washington prove na prática a sua lealdade à luta contra o terrorismo na Síria.


Além disso, o diplomata chamou a morte do tenente-general Valery Asapov de preço pago pela Rússia pela hipocrisia dos EUA na questão da resolução da crise síria. Asapov, que chefiava o grupo dos conselheiros militares russos, morreu na região de Deir ez-Zor durante bombardeio do Daesh.

Na véspera, o Ministério da Defesa da Rússia publicou fotos aéreas dos bairros a norte de Deir ez-Zor controlados pelos terroristas d…

Ucrânia estará preparando novas provocações em Donbass?

O Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU) está preparando provocações contra unidades da organização extremista Setor de Direita (proibida na Rússia), disse o vice-chefe do comando operacional da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD), Eduard Basurin.


Sputnik

Segundo ele, é por isso que o SBU enviou 50 combatentes da sua divisão Alfa à área de responsabilidade da 57ª brigada motorizada independente das Forças Armadas da Ucrânia.


Membros das Forças Armadas da Ucrânia
Militares ucranianos © REUTERS/ Oleksandr Klymenko

As autoridades da RPD declararam também que os militares ucranianos bombardearam a zona da estação de filtração em Donbass, onde estavam os representantes da OSCE e do Centro Conjunto de Controle e Coordenação do cessar-fogo.

Além disso, anteriormente, o comando da RPD informou que as Forças Armadas da Ucrânia estão preparando as provocações usando uniformes militares russos. De acordo com Basurin, os militares vestidos com uniformes militares da Rússia deverão ser fotografados pelos representantes da OSCE para acusar a Rússia de sua presença militar no território ucraniano.


Postar um comentário