Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Países muçulmanos reconhecem Jerusalém como capital do Estado da Palestina

Os países da Organização para a Cooperação Islâmica (OCI) acordaram nesta quarta-feira reconhecer Jerusalém Oriental como capital do Estado da Palestina e convidaram as outras nações a fazer o mesmo, em resposta à decisão dos EUA de declarar Jerusalém como capital de Israel.
EFE

"Declaramos Jerusalém Oriental como capital do Estado da Palestina e convidamos todos os países a reconhecer o Estado da Palestina com Jerusalém Oriental como sua capital ocupada", indica a minuta da declaração preparada nesta quarta-feira em Istambul por esta organização, formada por 57 países de maioria muçulmana.


A OCI, formada por 57 países de maioria muçulmana, inclui desde sua fundação em 1969 a Palestina como membro pleno, com sua capital em Jerusalém.

O documento, apresentado pelos "reis, chefes de Estado e de Governo dos Estados membros da Organização para a Cooperação Islâmica (OCI)", apresenta em 23 pontos a postura do mundo muçulmano perante a decisão dos EUA.

Nesse texto, a OCI &quo…

Arábia Saudita fecha compra dos sistemas de defesa aérea S-400 avançados da Rússia

A Arábia Saudita concordou em comprar o sistema avançado de defesa aérea S-400 da Rússia, informou nesta quinta-feira a emissora Al Arabiya.


Sputnik

No início do dia, o jornal Kommersant informou que, durante a visita que o rei saudita Salman bin Abdulaziz Al Saud faz à Rússia, vários contratos da indústria de defesa no valor de mais de US$ 3 bilhões, inclusive os que envolvem o sistema S-400, poderiam ser assinados.


Sistema de mísseis russo S-400
Sistema antiaéreo S-400 Triumph © Sputnik/ Valery Melnikov

Em novembro, o embaixador russo na Arábia Saudita, Oleg Ozerov, disse à Sputnik que Riad estava interessado em comprar os sistemas S-400.

O S-400 Triumph é o sistema de mísseis de superfície móvel de próxima geração da Rússia que transporta três tipos diferentes de mísseis, capazes de destruir alvos aéreos em um alcance curto a extremamente longo.

O armamento integra um radar multifuncional, sistemas autônomos de detecção e direcionamento, sistemas de mísseis antiaéreos, lançadores e um centro de comando e controle.

Até o momento, a Rússia assinou contratos para a entrega dos sistemas S-400 com a China e a Turquia, enquanto as negociações estão em andamento com a Índia.


Postar um comentário