Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa russa: avião Il-20 foi derrubado por mísseis sírios S-200

De acordo com o ministério russo, o sistema de defesa aérea sírio tentava atacar um avião de Israel. No entanto, a tripulação israelense fez uma manobra especial para se proteger, e o míssil acabou atingindo acidentalmente o avião russo Il-20.
Sputnik

O avião Il-20 desapareceu dos radares em 17 de setembro, por volta das 23h do horário de Moscou, (17h em Brasília) durante o retorno planejado à base aérea de Hmeymim, acima do território do mar Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, informou o comunicado do Ministério da Defesa da Rússia. O represente oficial da Defesa russa, Igor Konashenkov sublinhou que os aviões israelenses "propositalmente criaram uma situação perigosa para navios e aviões nessa região".

Na opinião dele, para evitar o ataque sírio, a tripulação israelense acabou tornando o Ilyushin-20 alvo de ataque.

"Ao tentarem proteger-se com ajuda do avião russo, os pilotos israelenses o puseram debaixo de fogo do sistema de defesa antiaérea da Síria"…

Congresso dos EUA estaria a ponto de decidir envio de armas letais para Ucrânia?

Membro do Congresso norte-americano, Will Hurd, declarou que a decisão sobre o fornecimento de armas letais para a Ucrânia será tomada em breve.


Sputnik

"O que esperar do Congresso? Vale a pena lembrar que foram dois países a que o Congresso apresentou as tarefas independentes – Israel e Ucrânia. Prevê-se nelas 50 milhões de dólares para armas letais. A administração atual está examinando esta disposição. Eu acho que os complexos de mísseis antitanque transportáveis Javelin são necessários para garantir a defesa da Ucrânia da agressão russa", declarou Hurd em entrevista ao canal Gromadske.


Tanques M1 Abrams. (fodo do arquivo)
Tanques M1 Abrams © Sputnik/ Sergey Melkonov

Ele também notou que "a administração de Trump revisou as posições por muitos problemas".

"Esta questão [sobre os fornecimentos de armas letais para a Ucrânia] foi levantada pelo ministro de Defesa, James Mattis, e pelo conselheiro de Segurança Nacional, Herbert McMuster. Penso que a decisão dobre o fornecimento de armas será tomada em breve", adicionou Hurd.

Anteriormente, o chefe do Estado-Maior General ucraniano, Viktor Muzhenko, comunicou que Kiev entregou a Washington uma lista de armas que a Ucrânia queria receber. O general espera que Washington forneça para seu país armas letais de defesa.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas