Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares dos EUA prometem responder a possível ataque turco contra cidade síria de Manbij

Os militares norte-americanos prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade síria de Manbij à luz de uma possível operação turca na área, afirmou o comandante do Conselho Militar de Manbij, que faz parte das Forças Democráticas da Síria (FDS), Ebu Adil.
Sputnik

Em entrevista à Sputnik Turquia, Ebu Adil comentou a resposta dos EUA às preocupações expressas pelos representantes do Conselho Militar de Manbij devido a um possível ataque contra a cidade síria por parte de Ancara.


"Há dois anos, em conjunto com as forças da coalizão liderada pelos EUA, nós limpamos Manbij do Daesh [organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países]. Desde então, na cidade se encontram forças da coalizão. Algum tempo atrás, nós falamos com os militares norte-americanos sobre um possível ataque da Turquia contra Manbij. Os militares dos EUA prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade, de onde quer que ele provenha", afirmou o comandante do conselho.

Além disso, ele …

Erdogan: Turquia está pronta para iniciar operação militar na província síria de Idlib

As tropas turcas estão dispostas a se juntar à operação militar lançada pelo Exército Livre da Síria (ELS) na província de Idlib, na fronteira com o país. A declaração é do presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, neste sábado (7).


Sputnik

"Hoje, em Idlib, o Exército Livre da Síria iniciou uma operação importante, o nosso exército ainda não entrou lá, mas não podemos abandonar nossos irmãos que escaparam de Aleppo", disse Erdogan em entrevista coletiva.


Ofensiva da Turquia na Síria
Ofensiva da Turquia na Síria © REUTERS/ Revolutionary Forces of Syria Media Office

Ele enfatizou que "a Turquia nunca permitirá a criação de um corredor terrorista" perto de sua fronteira.

Em 5 de outubro, Erdogan declarou que os militares turcos iriam se implantar na zona de distensão de Idlib nos termos dos acordos sobre a solução pacífica do conflito na Síria.

A criação de quatro zonas de distensão na Síria foi acordada pela Rússia, Turquia e Irã na quarta rodada de negociações sírias em Astana, realizada em 3 e 4 de maio de 2017.


Postar um comentário