Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Adeus a tecnologias 'stealth': novo radar russo pode detectar aviões furtivos

Tecnologias russas capazes de detectar aviões furtivos do inimigo podem vir a fazer parte do sistema da defesa antiaérea unida da OTSC – Organização do Tratado de Segurança Coletiva, declarou o chefe do Estado-Maior Conjunto da aliança, Anatoly Sidorov.
Sputnik

Inovações russas capazes de desativar tecnologias furtivas do inimigo podem vir a ser usadas na criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, declarou militar, citado pelo jornal Rossiyskaya Gazeta. Sidorov comentou que essas inovações seriam eficazes tanto contra aviação do inimigo como contra ataques com mísseis.



O sistema Rezonans-NE funciona graças ao princípio de reflexão ressonante de ondas de rádio da superfície de aparelhos aéreos, facilitando vigilância de aeronaves e mísseis do inimigo, explicou Aleksandr Scherbinko, vice-diretor executivo da empresa de design Rezonans.

"Este modelo pode ser de grande interesse, levando em consideração criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, cuja inauguração est…

Erdogan: Turquia está pronta para iniciar operação militar na província síria de Idlib

As tropas turcas estão dispostas a se juntar à operação militar lançada pelo Exército Livre da Síria (ELS) na província de Idlib, na fronteira com o país. A declaração é do presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, neste sábado (7).


Sputnik

"Hoje, em Idlib, o Exército Livre da Síria iniciou uma operação importante, o nosso exército ainda não entrou lá, mas não podemos abandonar nossos irmãos que escaparam de Aleppo", disse Erdogan em entrevista coletiva.


Ofensiva da Turquia na Síria
Ofensiva da Turquia na Síria © REUTERS/ Revolutionary Forces of Syria Media Office

Ele enfatizou que "a Turquia nunca permitirá a criação de um corredor terrorista" perto de sua fronteira.

Em 5 de outubro, Erdogan declarou que os militares turcos iriam se implantar na zona de distensão de Idlib nos termos dos acordos sobre a solução pacífica do conflito na Síria.

A criação de quatro zonas de distensão na Síria foi acordada pela Rússia, Turquia e Irã na quarta rodada de negociações sírias em Astana, realizada em 3 e 4 de maio de 2017.


Postar um comentário